A publicidade na era digital

Eduarda Haeckel, do Inspiração Invest e João Rodrigo Amaral, diretor executivo de novos negócios da Agência Amarelo - Divulgação

Eduarda Haeckel do Inspiração Invest entrevistou nesta semana na Folha Finanças, João Rodrigo Amaral, diretor executivo de novos negócios da Agência Amarelo. Na conversa, o executivo aborda o ‘Manifesto das Marcas’, o cenário atual da publicidade no Brasil, e o mercado de atuação da Agência Amarelo.

O diretor da Amarelo fala ainda na conversa sobre como o reality Big Brother Brasil impulsiona a publicidade no País, e a importância de as empresas seguirem o Manifesto das Marcas.

João conta com 10 anos de experiência no mercado, incluindo passagem pela diretoria de Marketing do Clube Náutico Capibaribe e na diretoria de eventos da AJE Recife. Ele foi o responsável pelo gerenciamento da equipe de criação da Amarelo, desenvolvimento de negócios, marketing, comunicação e inteligência estratégica para os clientes da agência. Atualmente o executivo também é sócio-diretor de marketing da Slice Investimentos, empresa de educação financeira.

Confira a seguir a entrevista completa com João Rodrigo Amaral.

Como você enxerga a publicidade e o digital nos tempos atuais?

O digital chegou para ficar e no cenário que a gente vive hoje em dia, todas as marcas deveriam apostar nisso. Não é à toa que o investimento em publicidade no Brasil só tem aumentado, inclusive vemos muito isso no próprio Big Brother que teve recorde de patrocinadores e um impacto absurdo para a sua audiência.

O BBB é um grande exemplo de uma comunicação super 360 que explora todo o conteúdo gerado em diferentes mídias e plataformas, principalmente as redes sociais como o Twitter e o Instagram, além de plataformas digitais como o GloboPlay, e por aí vai. E por conta de um conteúdo tão fluido, direcionado, que busca interagir com as pessoas e ouvir o que elas estão falando, que as marcas querem fazer parte disso e se envolver nessa narrativa, por isso vemos milhares de compartilhamentos espontâneos. Porque realmente atinge as pessoas.

O que significa o Manifesto das Marcas?

Muitas pessoas se identificam mais com uma marca que tem um discurso coerente do que com uma ação de venda de produto, e o mais interessante: sem nunca ter utilizado o seu serviço ou ter ouvido falar dela. Tudo isso por meio do que chamamos de manifesto de marca. Elas levantam bandeiras, mudam seu posicionamento estratégico e estão revendo seus valores porque entendem o que está acontecendo na sociedade e isso é muito importante.

E é assim que cada vez mais as empresas estão criando uma rede de relacionamento muito forte com o seu público, e causando um impacto real na vida das pessoas. É sobre ter um olhar macro do cenário e esquecer a comunicação fria e distante do público.

No início da Amarelo, como era a proposta da agência?

A Amarelo nasceu em 2016 e se reconhecia no início da sua trajetória como uma empresa de Personificação Promocional. Com o nosso tempo de mercado e análise inteligente do negócio, o modelo atual de agência é 360, com maior foco para o digital.

A Amarelo tem esse perfil, de ser uma empresa que acredita nesse Manifesto?

Na Amarelo acreditamos sim nesse Manifesto, estamos sempre provocando os clientes a pensarem diferente, a agirem diferente. Se eles não colocarem na cabeça que precisam mudar o mundo de um jeito super positivo, mesmo que seja com uma postagem no Instagram, então eles não têm ideia do poder que têm em mãos.

A nossa equipe busca sempre pensar um passo à frente, entendemos que comunicar é construir uma narrativa, é chegar perto das pessoas e entender suas dores e levamos essa filosofia para o nosso dia a dia, ao aplicar as estratégias que desenvolvemos para os nossos clientes.

Autenticidade, verdade, conexão. Essas são as palavras-chave para começar a pensar em uma trajetória de sucesso.

Inspiração Invest

Inspiração Invest

Veja também

Em dia de Moro suspeito no STF, Lula lembra dos dias na prisão: 'provação de fé'
Política

Em dia de Moro suspeito no STF, Lula lembra dos dias na prisão: 'provação de fé'

Com gol aos 55, Brasil bate Colômbia e dá a Tite maior sequência de vitórias
Copa América

Com gol aos 55, Seleção Brasileira bate Colômbia