Em parceria com protetores, Mundo Pet faz eventos de adoção neste sábado (24)

Evento de adoção da Mundo Pet em parceria com o Abrigo Seu Alberto, em 2019 - Divulgação/Abrigo Seu Alberto

A mega loja de produtos para pets Mundo Pet, em parceria com o Abrigo Seu Alberto, de Jaboatão dos Guararapes, e o grupo Anjinhos 4 Patas, do Recife, realiza, neste sábado (24), dois eventos de adoção de animais.

Pela manhã, das 10h às 14h, a unidade da loja localizada em Casa Forte (Rua Leonardo Bezerra Cavalvanti, número 587), na Zona Norte do Recife, receberá os cães do Abrigo Seu Alberto. Serão seis animais, de diferentes portes e idades, à espera de um lar. Todos já castrados. 

Apollo está com, aproximadamente dois anos. Foto: Divulgação/Abrigo Seu Alberto

À tarde, será a vez de a unidade de Boa Viagem (Avenida Domingos Ferreira, número 460), na Zona Sul da capital pernambucana, receber gatos da Anjinhos 4 Patas, a partir das 14h. Serão nove felinos, sendo cinco filhotes e quatro adultos jovens, de cerca de um ano e meio.

Os adultos já são castrados, enquanto os filhotes, ainda não. No termo de adoção, no entanto, consta o compromisso em realizar o procedimento a partir do quinto mês, para as fêmeas, e do oitavo mês, para os machos, com custo coberto pela Anjinhos 4 Patas. 

Romeu, de dois meses, estará no evento. Foto: Divulgação/Anjinhos 4 Patas

Os dois eventos servirão ainda como pontos de coleta de doações para os protetores, que se sustentam basicamente de voluntariado, além da venda de produtos alusivos ao trabalho deles (camisas e máscaras). 

Leia também:
Uso de fogos no período de campanha eleitoral gera preocupação com os pets; entenda os perigos

Vacinação de cães e gatos contra a raiva, no Recife, começa neste sábado (24)

Outubro Rosa Pet: campanha alerta para a prevenção contra o câncer de mama

Leia outras notícias no Folha Pet

Cuidados
Antes de seguirem para o espaço destinado ao evento, os animais passam por uma consulta com os veterinários da Mundo Pet, que checam o estado de saúde geral deles e conversam com os responsáveis sobre o histórico de cada um. O protocolo para efetuar a adoção, por sua vez, fica a critério de cada grupo protetor. 

Tanto o Abrigo Seu Alberto quanto a Anjinhos 4 Patas fazem uma entrevista, no intuito de evitar adoções no calor da emoção que depois resultem em uma devolução ou, pior, abandono. São passadas ainda instruções para o período de adaptação do pet.

É necessário que o interessado seja maior de 18 anos e assine um termo de compromisso durante o ato da adoção. 

WhatsApp Image 2020 10 23 at 18.37.34Luna está com três meses. Foto: Divulgação/Anjinhos 4 Patas

Ericka Roberta, gerente da unidade Casa Forte da Mundo Pet, explica que a realização dos eventos é uma política da empresa. Somente em 2019, mais de 100 animais foram adotados na unidade da Zona Norte do Recife.

A maioria através dos gradis da própria loja (97), que recebe felinos resgatados por ONGs e por alguns protetores independentes, a depender de disponibilidade. Em eventos, foram adotados quase 30 cães, além de dois gatos.  

"Todas as empresas têm suas responsabilidades, valores e visão. No nosso caso, fazemos parcerias por não termos condições de ser quem vai resgatar e abrigar todos esses animais. A gente abre o espaço, com toda estrutura pronta para o evento, para disponibilizar que esses animais tenham oportunidade e que os adotantes em potencial tenham um lugar para encontrá-los”, diz Ericka. 

Galega tem, no máximo, dois anos. Foto: Divulgação/Abrigo Seu Alberto 

Os cães que forem adotados terão direito a um banho por conta da casa. Devido aos protocolos sanitários de combate à disseminação do novo coronavírus, só será permitida a entrada nas lojas com o uso de máscara. 

Protetores
O Abrigo Seu Alberto existe desde 2004 e, atualmente, assiste uma média de 90 cães, todos resgatados em situação de vulnerabilidade. Mais informações sobre o abrigo, como ajudar e/ou realizar uma adoção responsável, através do Instagram @abrigodeseualberto

Já a Anjinhos 4 Patas está em ação há cerca de dois anos e é formado por um grupo de pessoas que abraçou a causa animal. Como não possuem espaço físico, os protetores administram os resgates de acordo com as despesas, uma vez que os animais ficam em lar temporário enquanto fazem tratamentos e/ou aguardam adoção. No momento, 17 gatos e 32 cães estão sob a responsabilidades deles. Mais informações, através do Instagram @anjinhos4patas

 

Veja também

Após dez anos fechado, Teatro do Parque volta a funcionar em 11 de dezembro
Cultura

Após dez anos fechado, Teatro do Parque volta a funcionar em 11 de dezembro

Pernambuco registra 781 casos da Covid-19 nas últimas 24h e 25 novas mortes
Coronavírus

Pernambuco registra 781 casos da Covid-19 nas últimas 24h e 25 novas mortes