Erva do gato: saiba o que é, como usar e até cultivar em casa

Foto: Pixabay

Se você é tutor de um felino e gosta de buscar novidades para entreter o bichano, já deve ter visto nas prateleiras dos pet shops a chamada catnip. Popularmente conhecida como a erva do gato, a Nepeta Cataria é uma planta aromática que faz parte da família da menta e da hortelã. 

Ela tem potencial para proporcionar bem-estar físico e mental em cerca de 70% a 80% dos gatos em idade reprodutiva. Contribui para reduzir o estresse, oferece momentos de distração e até mesmo auxilia no adestramento do pet. 

Ação
A erva libera nepetelactona, substância natural que age positivamente no organismo dos bichanos. Quando inalado, o perfume dela estimula o bulbo olfatório, a amígdala e o hipotálamo, regiões diretamente ligadas aos sentidos, emoções e comportamento. Os felinos, então, costumam responder com uma reação eufórica, ficando mais ativos, saltitantes. 

Leia também:

Seu pet está no peso ideal? Saiba como identificar
 
Obama e Michelle lamentam a morte de Bo, cão da família
 
Conheça opções para estimular o entretenimento dos gatos em casa

Leia outras notícias no Folha Pet


O efeito é diferente quando, ao invés de inalada, a erva é ingerida. Nesse caso, a tendência é o animal ficar mais relaxado. Tanto a euforia quanto o relaxamento são reações que duram, média, 10 minutos. Após passar o efeito, normalmente, eles relaxam e dormem. 

As reações engraçadas que os felinos costumam manifestar inspiraram o fotógrafo norte-americano Andrew Marttila a fazer um ensaio de fotos dos gatos de um amigo que tinha o hábito de oferecer a catnip. As imagens foram publicadas em um livro lançado em 2018, chamado “Cats on Catnip”. 

Felino sobre o efeito da erva do gato Foto: Imagem feita pelo fotógrafo Andrew Marttila para o livro"Cats on Catnip"

Vicia?
A catnip não tem potencial para viciar o gato. No entanto, com o uso recorrente, ela pode deixar de fazer efeito. Por isso, alguns profissionais recomendam intervalos médios de duas semanas entre os estímulos. 

Não existe contra-indicações para o uso da erva do gato, mas é interessante observar como o seu bichano vai reagir, pois cada animal tem um organismo diferente. 

Em filhotes, por exemplo, a erva não costuma fazer efeito, pois a ação da nepetelactona está ligada a vias neurais relacionados ao sexo, então somente aqueles em idade reprodutiva sentirão reações.

E nem é certo que todo gato adulto vai ter sensibilidade à catnip. O fator hereditário também conta, assim como a castração, que pode diminuir a sensibilidade.  

Além disso, alguns pets podem ter uma reação de maior agitação e até apresentar um pouco de agressividade. E, se ingerida em excesso, pode gerar vômito e/ou diarreia, mas são casos raros. É interessante, contudo, que o estímulo seja feito sempre com supervisão. 

Foto do livro Foto: Imagem feita pelo fotógrafo Andrew Marttila para o livro "Cats on Catnip"

A erva do gato pode ser usada dentro de brinquedos, alguns até já vêm com ela, ou ainda ser salpicada em arranhadores. A segunda opção ajuda a desviar a atenção do animal caso ele esteja afiando as unhas onde não deve, o atraindo para o arranhador. Para que ele associe o ato de arranhar ao objeto, é necessário fazer esse processo alguns dias seguidos. 

Catnip em casa
A erva-do-gato é fácil de cultivar e precisa de pouca manutenção. O plantio por ser feito através das sementes ou replantando. Em canteiros, a terra deve ser rica em matéria orgânica. O cultivo em vasos também é bem comum e, neste caso, a camada de drenagem pode ser feita com brita ou argila expandida. 

No solo ou em vaso, a terra deve ser mantida úmida nos primeiros meses, mas nunca encharcada. Quando a planta estiver desenvolvida, a frequência de água pode diminuir, pois o excesso é prejudicial. 

Também quando maior, é necessário que ela receba algumas horas diárias de luz solar direta. No início da germinação, isso pode queimar as sementes, então, se a opção for plantar em canteiro, deve ser feita uma coberta para proteger o local até que ela esteja apta à exposição. 

Nepeta Cataria, popularmente conhecida como erva do gatoNepeta Cataria, popularmente conhecida como erva do gato 

As plantas intactas não costumam atrair os gatos, diferente das que foram cortadas ou tiveram suas folhas esfregadas. As folhas podem ser colhidas quando desejado, mas a planta deve ter atingido no mínimo 20 centímetros de altura. 

Você deve cortar o caule logo acima da junção com a folha e deixar secar naturalmente. Depois, pode triturar e utilizar com o felino. O aroma e o sabor são mais intensos em folhas e ramos frescos, mas eles podem ser armazenados secos por longos períodos. 

 

Veja também

Louzer elogia Betinho e lamenta “distância” entre setores em derrota
Futebol

Louzer elogia Betinho e lamenta “distância” entre setores em derrota

Atlético-MG perde para o Ceará em noite de falhas de Everson
Futebol

Atlético-MG perde para o Ceará em noite de falhas de Everson