Família Biden incorpora um gato à Casa Branca

Casa Branca - Joshua Roberts/AFP

Conhecidos pela sua paixão pelos cachorros, os Biden levaram agora para a Casa Branca um gato.

"Sim, é verdade", disse a primeira-dama Jill Biden ao comentar a novidade no programa Today da NBC, em uma entrevista transmitida nesta sexta-feira (30). 

A chegada de um primeiro felino à Casa Branca significa um novo desafio para o pastor alemão Major, do casal presidencial. 

O jovem ex-cão de resgate, um fiel companheiro de outro pastor alemão, Champ, muito mais velho, realiza desde abril sessões para melhorar seu comportamento, depois de ter protagonizado vários incidentes com mordidas. 

O presidente Joe Biden disse que o comportamento pouco presidencial do cão deve-se ao fato de ter se surpreendido com a grande presença de agentes do Serviço Secreto e outras pessoas no movimentado complexo da Casa Branca. 

Agora, o ansioso Major também terá que usar suas novas habilidades com um gato. "Isso faz parte de seu treinamento. Levaram-no para um abrigo com gatos e isso o fez bem", disse Jill Biden.

Veja também

Governo afirma ao STF que 72% dos índios já receberam as duas doses da vacina contra a Covid-19
Vacinação

Governo afirma ao STF que 72% dos índios já receberam as duas doses da vacina contra a Covid-19

Rachado entre aliados e opositores de Bolsonaro, PSL filia vereador e abre caminho para MBL
Partido

Rachado entre aliados e opositores de Bolsonaro, PSL filia vereador e abre caminho para MBL