Pet de Rubinho Barrichello morre após comer 11 bitucas de cigarro

O piloto fez um alerta nas redes sociais sobre os riscos de animais comerem lixo em casa

Pet de Rubinho Barrichello morre após comer 11 bitucas de cigarro - Rubinho Barrichello / Instagram

O Piloto Rubinho Barrichello lamentou a morte do seu cãozinho nas redes sociais nesta sexta-feira (23). O pet morreu após ingerir 11 bitucas de cigarro. Speedy, da raça Cavalier, comeu as pontas do cigarro durante um passeio. 

Enquanto passeava com Silvana Giaffone, ex-esposa de Rubinho, o pet costumava ir repetidas vezes a um local específico. Após algum tempo, os tutores perceberam que ele ia ao local para comer as guimbas.

"Quando vimos, tinha muita bituca de cigarro, e de outro tipo de cigarro mais potente. Dentro do estômago dele ficou dilacerado. Ele desenvolveu uma doença que não gerava mais proteína para o corpo. Foram tiradas 11 bitucas de dentro dele. E ele não conseguia mais comer. Teve diarreia com sangue e foi ladeira baixo", declarou Rubinho. 

Por conta da situação, o piloto fez um alerta para pessoas fumantes tomarem mais cuidado com seu lixo. 

"Não vim falar mal de ninguém. É muito triste, porque não é o fato da bituca em si. É do lixo. Se os donos de cachorro descem com sacolinha para recolher as fezes e jogar no lixo, seria educado as pessoas com esses modos (fumar), pudessem ter essa mesma atitude. É uma pena. Speedy faz falta", reforçou.

Confira o vídeo: 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Rubens Barrichello (@rubarrichello)

Veja também

SELF IT ACADEMIAS HOLDING S.A. - EDITAL

SELF IT ACADEMIAS HOLDING S.A. - EDITAL

SELF IT ACADEMIAS HOLDING S.A. - BALANÇO

SELF IT ACADEMIAS HOLDING S.A. - BALANÇO

Newsletter