Tutores procuram yorkshire perdida em Enseada dos Corais, no Cabo

Meg precisa de cuidados veterinários especiais - Cortesia

Tutores da yorkshire Meg, de 8 anos, procuram pela pet, que se perdeu na última quinta-feira (7), em Enseada dos Corais, no Cabo de Santo Agostinho, Litoral Sul de Pernambuco.

Qualquer informação sobre o paradeiro de Meg pode ser repassada aos contatos (81) 9.8855-5825 e (81) 9.8836-2586. A pet precisa de cuidados veterinários especiais e faz um tratamento de 40 dias para combater um fungo.

A tutora de Meg, a professora Flávia Amorim, de 57 anos, relata que ela foi vista pela última vez nas proximidades de um bar conhecido como Bar do PQP.

"Temos essa casa há 30 anos, sempre tivemos cachorrinhos. Alguém bateu no portão grande, que meu cunhado tinha fechado. Ele abriu uma brecha para responder uma informação e acreditamos que foi nessa hora que ela deve ter sumido", explicou Flávia. 

Os tutores oferecem uma recompensa de R$ 2 mil.

"Conseguimos uma filmagem da casa de trás com os cachorros da frente nesse bar. Ela estava lá com esses cachorros atrás, ela tentando entrar num casa. Ficamos até madrugada procurando, gritando", disse a professora, que acrescentou ter feito panfletos e colocado carros de som para fazer campanha para a volta de Meg.

"Eu estou desesperada, não consigo dormir direito, tenho pesadelo, escuto ela chorando, latindo, ela é muito agarrada comigo", completou Flávia.

Veja também

Algoz de Vasco e Bahia, Defensa y Justicia conquista Copa Sul-Americana
Futebol

Algoz de Vasco e Bahia, Defensa y Justicia conquista Copa Sul-Americana

Médicos são os primeiros vacinados com a dose de Oxford no Brasil
VACINAÇÃO

Médicos são os primeiros vacinados com a dose de Oxford no Brasil