André vai à mesa com FBC. Anderson recebe Rogério Marinho

É ao lado do deputado federal André Ferreira que o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, desembarca em Pernambuco hoje. A comitiva cumprirá agenda no Cabo de Santo Agostinho, mas, antes, passa em Jaboatão dos Guararapes, onde Marinho fará anúncio de liberação de recursos para o município. Só do MDR, a cidade, governada pelo prefeito Anderson Ferreira, já conta com cerca de R$ 50 milhões em investimentos, em sinal da força e do trânsito que os Ferreira possuem no governo Jair Bolsonaro. André, vice-líder do governo na Câmara Federal, é irmão de Anderson Ferreira. E o prefeito do Cabo, Keko do Armazém, é ligado aos dois. Keko recebe Rogério Marinho para inauguração da ponte ferroviária sobre o Rio Pirapama em nova demonstração do potencial dos Ferreira em captar investimentos junto ao Governo Federal. Marinho é o segundo ministro da gestão Bolsonaro que Anderson, presidente do PL-PE, recebe este ano. O primeiro foi o titular do Turismo, Gilson Machado Neto, além do presidente do BNDES, Gustavo Montezano. Gilson também integra a comitiva de hoje.

O prefeito do Cabo é do PL, ligado assim aos Ferreira. Ontem, antes de cumprir as agendas com os ministros em Pernambuco, André Ferreira foi à mesa com o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho. Trataram não só da política nacional, mas também da estadual Os Ferreira e os Coelho são dois grupos fortes da Oposição no Estado e ambos possuem nomes cotados para concorrer ao Palácio das Princesas em 2022. Os Coelho tem Miguel Coelho como pré-candidato e os Ferreira trabalham o nome do próprio Anderson. A conversa de ontem se deu no sentido de manterem a sintonia na construção dessa alternativa majoritária. Integrantes da Oposição contabilizam seis partidos integrando esse conjunto hoje. O PL e o PSC compõem o grupo dos Ferreira. FBC e Miguel Coelho estão no MDB, que integra a base do governo Paulo Câmara. Miguel tem feito conversas com lideranças do governo e da Oposição nos últimos dias no esforço de sedimentar o terreno para 2022. Na ala governista, ainda há quem aposte na chance de FBC concorrer ao Senado em chapa encabeçada pelo PSB.

Eduardo faz entrega com FBC
O deputado federal Eduardo da Fonte e o senador Fernando Bezerra Coelho farão entrega juntos de 59 retroescavadeiras. O ato está previsto para junho, mas os dois se encontraram nos últimos dias para tratar do assunto. A agenda guarda conotação de estreitamento dos laços e parece ressuscitar a tese de que FBC poderia fazer um caminho de volta para a Frente Popular e concorrer ao Senado.

Afago > Ontem, Miguel Coelho tomou café da manhã no sítio do presidente estadual do PDT-PE, Wolney Queiroz. Miguel é cotado para concorrer a governador e o dirigente do PDT, à coluna, já deixou claro que não há hipótese de o partido não montar um palanque para o presidenciável Ciro Gomes no Estado.

Lula e Contarato > Uma das agendas que o ex-presidente Lula terá em Brasília, na semana que vem, como a coluna antecipou, deve ser com o senador da Rede, Fabiano Contarato. Lula segue para a Capital Federal na próxima segunda-feira e deve ficar por lá até a quinta-feira. Gleisi Hoffmann cuida do roteiro.

Inteligência > O deputado federal Augusto Coutinho foi eleito, ontem, membro da Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência (CCAI) do Congresso Nacional. Entre os objetivos da CCAI, estão a verificação da legalidade das atividades de Inteligência realizadas pelas diversas agências que compõem o Sistema Brasileiro de Inteligência.

Veja também

Justiça proíbe Antonia Fontenelle de falar sobre Luciana Gimenez
Celebridades

Justiça proíbe Antonia Fontenelle de falar sobre Luciana Gimenez

Supermercados têm alta de 7% nas vendas do primeiro trimestre
Economia

Supermercados têm alta de 7% nas vendas do primeiro trimestre