Anúncio de Luciana para vice deve se dar até segunda. Chapa pode ir a Lula em BSB

Há ritual no PSB a ser concluído, que passa por consulta aos partidos aliados

Luciana Santos é presidente nacional do PCdoB

Há um ritual no radar da Frente Popular com previsão de ser cumprido até o final de semana para que o anúncio de Luciana Santos como pré-candidata a vice de Danilo Cabral seja realizado até, no máximo, a próxima segunda-feira (11). O roteiro inclui a apresentação do nome dela como alternativa para a vaga e conversas com partidos integrantes da Frente Popular sobre isso.

Em outras palavras, o PCdoB deve formalizá-la como alternativa e isso será submetido às demais legendas da aliança. Havia siglas desse conjunto já defendendo o nome de Luciana para a composição. Certo é que, assim que essa definição sair, a chapa completa irá ao encontro do ex-presidente Lula.

Detalhe: o líder-mor do PT vai estar em Brasília. na próxima semana, na terça e na quarta-feira, para encontro com parlamentares, visando a uma aproximação com a base. Até lá, estando concluído o anúncio de Luciana Santos como  pré-candidata a vice, não está descartado que a chapa toda siga para a Capital Federal para um encontro com Lula. O PT já externou ao PSB simpatia pela escolha de Luciana para vice.

Nas hostes socialistas, há uma compreensão de que, ao PCdoB, também interessa a vaga. Do ponto de vista das arrumações regionais, o PCdoB chegou a considerar, no Rio Grande do Sul, o nome da ex-deputada federal Manuela d’Ávila para o pleito, mas ela já descartou a hipótese de concorrer. Fora isso, o PCdoB tinha Flávio Dino, governador do Maranhão, que, no entanto, atravessou para o PSB. Ao PT, interessa fazer gesto ao PCdoB, aliado de primeira hora dos petistas. A cúpula do PT já externou isso aos socialistas.

Em outras palavras, como não fizeram nenhum gesto considerável com os comunistas no restante do País, o PT vem repisando essa simpatia por ver Luciana na condição de vice de Danilo Cabral. PT e PCdoB estão umbilicalmente ligados. Inclusive, integram, agora, a mesma federação, o que significa que o PSB, ao contemplar Luciana, está também atendendo Lula.

 

Sem muletas
O deputado federal Daniel Coelho comanda, hoje, um ato de prestação de contas de seu mandato, marcado para as 18h23, no Clube Internacional do Recife. Vai juntar, na ocasião, Raquel Lyra, pré-candidata ao Governo do Estado e Priscila Krause, cujo nome é cotado para compor a chapa também. Em entrevista à Rádio Folha FM 96.7 esta semana, Daniel, indagado sobre a influência dos padrinhos políticos no Estado, a exemplo de Lula e do presidente Jair Bolsonaro, devolveu o seguinte: "Raquel não precisa de muleta".

Consequências > Ainda sobre o mesmo tema, quando questionado sobre Simone Tebet não atuar como puxadora de votos, Daniel devolveu: "O problema dessas duas muletas é que elas trazem alguns votos, mas trazem uma rejeição imensa junto". Segundo a pesquisa divulgada, esta semana, pela Folha de Pernambuco em parceria com o IPESPE, Tebet não alcançou 1%.

Alepe > Herdeiro do senador Jarbas Vasconcelos, Jarbas Filho está determinado a ocupar um cargo na  Assembleia Legislativa. Tem se debruçado sobre a conquista de apoios de prefeituras no interior. Em Ipubi, acompanhou, ao lado do prefeito Chico Siqueira e do pré-candidato a governador, Danilo Cabral, os anúncios feitos pelo governador Paulo Câmara do Plano Retomada, como a inauguração da PE-576.

Veja também

Cuba segue combatendo um gigantesco incêndio
Cuba

Cuba segue combatendo um gigantesco incêndio

Por falta de quórum, assembleia para mudança de estatuto do Náutico é adiada
Náutico

Por falta de quórum, assembleia para mudança de estatuto do Náutico é adiada