Com 2022 no radar, Miguel Coelho vai à mesa com Raul Henry hoje

Dirigente do MDB-PE, Henry recebe Miguel Coelho hoje

O encontro está marcado para a tarde de hoje na sede do MDB. Prefeito de Petrolina, Miguel Coelho vai à mesa com o presidente estadual do partido, o deputado federal Raul Henry. A conversa se dará num cenário em que o gestor já coloca seu nome à disposição para concorrer ao Governo do Estado. Ao tratar do tema, Miguel tem associado a hipótese ao projeto de recondução do seu pai, o senador Fernando Bezerra Coelho, ao Senado numa sinalização de que a legenda já teria uma chapa majoritária encaminhada. Em entrevista à Folha, publicada ontem, Miguel fez a seguinte consideração: "O partido já tem essa condição de chapa. Tanto pela questão da recondução do senador Fernando, como também poder voltar a ser, de fato, protagonista em Pernambuco, liderando um projeto majoritário a governador". Tal construção carrega no bojo alguns desafios. Um deles seria atrair apoios, concentrando dois nomes do MDB na mesma chapa que, nesse caso citado por Miguel, seriam ele e o pai.

Essa tem sido uma preocupação que também ronda a Frente Popular, por exemplo, quando se fala, nos bastidores, que Geraldo Julio encabeçar uma chapa reduz consideravelmente as chances de o governador Paulo Câmara concorrer ao Senado. O desafio dos Coelho reside ainda em montar o palanque do presidente Jair Bolsonaro em Pernambuco, considerando a condição de FBC de líder do governo, num cenário de sensível desgaste do gestor em função do trato que tem dado à pandemia. Em paralelo, não só Raul Henry, como também o senador Jarbas Vasconcelos têm sido críticos duros da atuação do presidente. Henry é autor de um pedido de CPI para investigar a situação de Manaus e chegou a apontar “negligência criminosa” do Governo Federal. A missão incluirá ainda o esforço de fazer, na esteira, Henry subir no palanque de Bolsonaro. O MDB, hoje, integra a Frente Popular, liderada pelo PSB, que vem fazendo acenos ao ex-presidente Lula, variável citada por socialistas como determinante para inviabilizar uma recomposição dos Coelho com a Frente Popular, como já se ventilou.

Dificuldade para vender solução
A reunião dos governadores, ontem, com a diretoria da Anvisa começou às 15h30 e terminou às 19h30. O encontro se deu no mesmo dia em que o presidente Jair Bolsonaro decidiu entrar no circuito pela conquista de vacinas e telefonou para o presidente russo, Vladimir Putin, para discutir compra e aprovação da Sputnik V. Governadores avaliam que a Anvisa está apresentando dificuldade para vender solução. E a solução, dizem, é Bolsonaro ir à Rússia fazer a foto e imprimir DNA na aquisição em vez de a agência liberar logo a importação com base na Lei 14.124/2021.

Digo a todos... - Diante dos rumores, conforme a coluna relatou, de que o Podemos estaria de malas prontas para ingressar na Frente Popular, Ricardo Teobaldo, que preside o partido, à coluna, registra o seguinte: "Não é hora de falarmos de política e de eleições; 2022 será discutido em 2022.  A pandemia ainda segue muito presente e necessita de todos os nossos esforços".

...que fico! - O dirigente pondera que o Podemos "cresceu e tem papel importante nesse processo", mas observa: "Hoje, seguimos onde sempre estivemos, no campo da oposição". O Podemos vem trabalhando junto com o Republicanos de olho em 2022  e tal movimento faz governistas apostarem na atração de Teobaldo.

Adubo - Ricardo Teobaldo, inclusive, recebeu visita de Miguel Coelho ontem, que também esteve com o prefeito de Olinda, Professor Lupércio, na sede da Prefeitura da Marim dos Caetés.

 

Veja também

Inscrições abertas para processo seletivo com 116 vagas no Ceará
Blog dos Concursos

Inscrições abertas para processo seletivo com 116 vagas no Ceará

Startup Cortex abre 50 vagas remotas nas áreas de Vendas e Tecnologia
Blog dos Concursos

Startup Cortex abre 50 vagas remotas nas áreas de Vendas e Tecnologia