PROS-PE se ancora em decisão TRE, apoia Danilo e prevê novo revés na nacional

Há expectativa de que decisão do ministro Lewandowski, proferida nesta sexta (05), seja revertida

Bruno Rodrigues participou da convenção de Danilo Cabral nesta sexta (05)

A convenção do PROS em Pernambuco já havia sido realizada na manhã desta sexta-feira (05) quando nova decisão proferida pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou o retorno, mais uma vez, de Eurípedes Júnior, ao comando nacional da sigla. Ainda, no entanto, que a convenção não tivesse sido concluída no Estado e que ata já não tivesse sido enviada, dizem representantes locais da legenda, a direção do partido no plano local estaria assegurada a Bruno Rodrigues.

Na legenda, se recorre à decisão da desembargadora Mariana Vargas, do TRE-PE, para se endossar essa certeza. Nesta quinta-feira (04), ela deferiu pedido de liminar, como a coluna registrara, determinando "imediata suspensão do ato que dissolveu a comissão do PROS em Pernambuco, revalidando a vigência da anterior composição".

Membros do PROS chamam atenção para o fato de que, além de assegurar o comando da sigla no a Bruno Rodrigues, a decisão do TRE estampa que Eurípedes não tem competência para afastar Bruno da direção estadual, porque não teria concedido "o amplo direito de defesa e contraditório", como prevê o artigo 61 do Estatuto do PROS. Nesse caso, Bruno Rodrigues, participou da convenção da Frente Popular, nesta sexta-feira (05), assegurando o apoio da sigla a Danilo Cabral, candidato ao Governo do Estado.

O detalhe é que o mesmo não pode ser adotado em relação à Teresa Leitão, pré-candidata ao Senado, porque, nacionalmente, quando Marcus Holanda estava à frente da sigla, após retomar a presidência de Eurípedes, se deu uma orientação no sentido de proibir coligação com o PT nos Estados. Há uma expectativa no PROS de que, até a próxima terça-feira (09), a decisão de Lewandowski seja derrubada e de que o comando da sigla seja devolvido a Marcus Holanda. Por essa razão, o PROS tomou a decisão de apoiar, ainda que informalmente, o nome lançado pelo PP ao Senado, Antônio Mário, já que a candidata da Frente Popular à Casa Alta, Teresa Leitão, é do PT. 

Polêmica Jurídica
Na Frente Popular, a decisão do PP de lançar uma candidatura avulsa ao Senado gerou, nos bastidores, uma polêmica jurídica. O PSB não foi avisado de antemão do movimento e as dúvidas sobre os reflexos disso adentraram pelo meio tarde. Passou-se a questionar se essa iniciativa, pensada de forma que abatesse o tempo de TV só de Teresa Leitão, não poderia, de alguma forma, prejudicar também o PSB. Como a coluna antecipara, o PP lançou Antônio Mário para o Senado nesta sexta-feira (05).

No limite > Eduardo da Fonte marcou presença na convenção da Frente Popular, que lotou o Clube Português e reuniu representantes dos nove partidos da aliança. No limite, no entanto, o PSB saírá em solidariedade a Teresa Leitão e ao PT, caso haja entrave jurídico sobre candidato do PP ao Senado.

Prazo para... > Na próxima terça-feira (9), o Centro Cultural Cais do Sertão recebe a IV Conferência Brasileira de Mudança do Clima. No palco principal do evento, estará o Climate Clock, o Relógio Climático que funciona como um cronômetro regressivo para mostrar a rapidez com que o planeta está se aproximando de 1,5°C de aquecimento global e a quantidade de CO emitida até o momento. Cientistas consideram a situação do planeta emergencial, caso os países não tomem atitudes imediatas para diminuir a rapidez do Relógio Climático.  

 

...salvar o planeta > A Conferência, coordenada pelo Instituto Ethos, contará com as participações de Inamara Melo, secretária de Meio Ambiente do Estado de Pernambuco; Izabella de Roldão, vice-prefeita do Recife e Carlos Cavalcanti, diretor de Meio Ambiente do Complexo Industrial e Portuário de Suape, em painel que discutirá os principais instrumentos desenvolvidos por governos e pela iniciativa privada em Pernambuco para o enfrentamento da mudança do clima. 

 

 

Veja também

Cuba segue combatendo um gigantesco incêndio
Cuba

Cuba segue combatendo um gigantesco incêndio

Por falta de quórum, assembleia para mudança de estatuto do Náutico é adiada
Náutico

Por falta de quórum, assembleia para mudança de estatuto do Náutico é adiada