PSB decide apoiar João Paulo em Olinda

O partido estava dividido, mas o martelo foi batido nesta terça-feira (15) e o PSB vai apoiar o prefeiturável João Paulo, do PCdoB, na corrida pela Prefeitura de Olinda. Havia construção em curso nos bastidores que se desenrolava sem alarde e envolvia um esforço do PCdoB de compor com o PSB na cidade. A decisão tomada, agora, encerra a possibilidade de o prefeito Professor Lupércio (Solidariedade) ter o apoio do PSB ao seu projeto de reeleição. O Solidariedade dava como certa a aliança com os socialistas, uma vez que o prefeito Lupércio apoiou a reeleição do governador Paulo Câmara. Seria a recíproca.

Lideranças que acompanham as articulações já haviam avaliado, como a coluna registrara, uma mudança na direção municipal do PSB na cidade como sinal de que um movimento estava sendo feito internamente no sentido de uma composição com a pré-candidatura do ex-prefeito do Recife João Paulo. 

O PCdoB é o partido da vice-governadora do Estado, Luciana Santos, presidente nacional da sigla. Nos corredores do Palácio do Campo das Princesas, dizia-se, até pouco tempo, que a situação em Olinda era "indefinida" e que não estava descartado até mesmo que o partido viesse a "ficar neutro" na cidade diante da situação em que se encontrava: "dividido". À coluna, uma fonte socialista, ainda no final de agosto, havia dado a seguinte definição para o impasse: "Tudo é possível em Olinda ainda!". Inclusive, apoiar João Paulo e não o prefeito Professor Lupércio.