Alentejo é distinguido pelo New York Times por turismo sustentável

Destino atrai cada ano mais turistas de todas as partes do mundo

Victor Carvalho / Foto Divulgação

O Alentejo, maior região de Portugal, recebeu uma importante distinção do jornal norte-americano New York Times. O destino foi incluído na lista “52 Places for a Changed World” (“52 lugares para um mundo transformado”, em tradução livre), que selecionou os destaques ao redor do mundo onde os viajantes podem ser parte da solução para o planeta. Acompanhe  gente também no Instagram, onde você pode receber várias dicas de viagem e conhecer paisagens incríveis! É só clicar AQUI!

A Agência de Promoção Turística do Alentejo comemora a distinção e reconhece os esforços do destino para um turismo cada vez mais sustentável. “Figurar nesta lista é mais uma confirmação de que estamos no caminho certo, e nos incentiva a continuar trabalhando por um turismo mais sustentável, não apenas na produção de vinhos, mas em todos os aspectos”, afirmou Vítor Silva, presidente da agência. Vai viajar e precisa reservar hotel? Clique AQUI!

O Alentejo foi destacado como uma região enoturística onde a produção sustentável de vinhos não é apenas moda, e sim uma questão de sobrevivência. A matéria do New York Times escreveu que o Alentejo tem a maioria dos elementos necessários para a viticultura: sol, solo, diferentes castas de uvas e uma tradição de séculos na produção de vinho. No entanto, faltam chuvas para que as condições sejam perfeitas. Precisa de Seguro Viagem? Clique AQUI! Por isso, em 2015, o Alentejo criou o Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo, com medidas que priorizam a conservação de água e ajudaram as herdades a reduzir o consumo de água em 20%. Algumas, que utilizavam 14 litros de água para produzir um único litro de vinho, diminuíram esse número para 6 litros.

Escreva a legenda aqui
Para saber mais sobre este destino é só clicar AQUI!

Veja também

Tecnologia pode reduzir em 40% uso de energia na construção até 2050
Indústria

Tecnologia pode reduzir em 40% uso de energia na construção até 2050

Lei que acaba com 'milagre da contribuição única' ao INSS já está em vigor
BRASIL

Lei que acaba com 'milagre da contribuição única' ao INSS já está em vigor