Dia Mundial do Autismo: especialista dá dicas de como evitar transtornos em viagens!

Foto Divulgação / Cedida pela Somar Special Care

Neste dia 02 de abril, o mundo celebra o Dia da Conscientização do Autismo. Por isso, falamos hoje dos cuidados com as crianças autistas na hora de viajar. Você acha que é simplesmente arrumar a mala e seguir viagem? Não mesmo! Para dar dicas às famílias com pessoas com o transtorno, ouvimos o especialista Victor Eustáquio, sócio fundador da Somar Special Care, referência no tratamento do Autismo no Nordeste. Acompanhe  gente também no Instagram, onde você pode receber várias dicas de viagem e conhecer paisagens incríveis! É só clicar AQUI!

Foto Divulgação / Cedida pela Somar Special Care

Quando chega o momento de viajar, para muitas crianças é uma festa só. Mas no caso de crianças autistas, é diferente: uma viagem pode e normalmente significa angústia, estresse, irritação. “Estamos falando sobre as crianças autistas, que em modo geral adora uma rotina. Portanto, é preciso muito cuidado na hora de viajar. Os pais precisem preparar esta criança com antecedência para a viagem acontecer de forma tranquila”.

O neurocientista explica que a rotina nada mais é que uma previsibilidade, que leva à criança autista a uma zona de conforto. “É extremamente importante a família planejar essa programação de férias utilizando uma ferramenta visual. Se a criança vai pra algum espaço que ela já conhece, a família pode por exemplo selecionar fotos da praça, parque, shopping ou praia que vão levá-la. Esse apelo visual vai remeter à memória reflexiva , que trará melhora comportamental”, explica. Quando se quebra a rotina das pessoas com autismo o seu comportamento muda imediatamente. “A criança autista pode chorar mais, aumentar a irritabilidade, aumentar as esteriotipias que são aqueles movimentos manuais, ela pode andar mais nas pontas dos pés, ter alteração no sono”, pontua Victor. E se a criança toma algum tipo de medicamento é importante a família buscar orientação do médico”. Ele acrescenta ainda que os pais devem evitar locais muito barulhentos.

Foto Divulgação / Cedida pela Somar Special Care

E uma dica muito importante no que diz respeito à segurança da garotada autista é: não esqueça de levar bilhetes com dados da criança, os pais devem colocar informações com nome, endereço e telefone no bolso, jaqueta ou pulseirinha no braço. "Isso é extremamente importante ainda mais para as crianças autistas porque elas possuem dificuldade na comunicação verbal". Os números do autismo são cada vez mais expressivos. Victor destaca que lá pelos anos de 1970 a cada 100 mil crianças uma era autista; em 2020  a cada 54 crianças que nasciam uma era autista; em 2022 era uma a cada 46 e a nova estatística é de que temos uma criança autista a cada 36 nascidas. São dados do CDC - Centro de Controle e Prevenção de Doenças do Governo Americano. Para este mês da Conscientização Mundial do Autismo, a Somar Special Care programou uma série de atividades para democratizar a informação e com acesso gratuito a todas as famílias. "No dia 06 de abril, participamos de uma Caminhada Estadual na orla de Boa Viagem; no dia 07, das 6h30 às 10h, estaremos na Autismo Run, também na orla de Boa Viagem; e às 14h haverá palestras na Livraria Jaqueira do Recife Antigo. De lá, faremos uma caminhada até o Marco Zero para espalhar consicentização. Tudo de graça e aberto ao público", adianta.  A Clínica Somar faz atendimento na sua sede fica no bairro da Torre, no Recife, tendo ainda unidades em Boa Viagem, Piedade e Olinda, todas em Pernambuco. Em breve estão inaugurando a quinta unidade no complexo esportivo do Sport Clube do Recife, na Ilha do Retiro. No perfil do instagram você pode obter diversas informações sobre autismo e acompanhar lives, etc. Para mais informações, (81) 3441-5656 ou (81) 3039-5656.

Veja também

SELF IT ACADEMIAS HOLDING S.A. - EDITAL

SELF IT ACADEMIAS HOLDING S.A. - EDITAL

SELF IT ACADEMIAS HOLDING S.A. - BALANÇO

SELF IT ACADEMIAS HOLDING S.A. - BALANÇO

Newsletter