A-A+

Depressão: um mal silencioso

Jacqueline Sherry Ward Maia - Jacqueline Sherry Ward Maia

Os transtornos mentais são uma ampla variedade de condições que afetam significativamente o humor, o raciocínio, o comportamento, a aprendizagem e a maneira de se comunicar de uma pessoa. É uma disfunção da atividade cerebral silenciosa.

De acordo com a Organização Pan Americana de Saúde (OPAS) os transtornos mentais se apresentam como uma combinação de emoções, pensamentos, percepções e comportamentos, que tem um impacto sobre as relações da pessoa afetada com outras pessoas.

Entre os diferentes tipos de transtornos mentais encontramos a depressão, um transtorno até comum, mas grave, que pode se manifestar em qualquer fase da vida, independente da idade ou do status social de uma pessoa e é causada por fatores genéticos, biológicos, ambientais e psicológicos. Nem todos com transtornos depressivos manifestam os mesmos sintomas, mas o humor tristede longa duração e com intensidade moderada ou grave é um sentimento que todos tem em comum.

O diagnóstico é feito por um médico e depende da manifestação de um conjunto de sintomas, pelo menos cinco, que persistem na maior parte do dia, quase todos os dias, por um período que excede duas semanas. Alguns desses sinais são:

Fadiga, diminuição significativa do interesse ou do prazer em atividades na maior parte do dia, ganho ou perda de peso, humor deprimido na maior parte do dia, perturbações do sono, capacidade diminuída de pensar, concentrar ou tomar decisões, ideação suicida.

Fatores que podem desencadear um episódio depressivopodem ser inclinações internas como baixo autoestima, personalidade tímida, introspectiva e insegura, ou externos diversos como estresse, problemas de relacionamento, crises conjugais constantes, uso excessivo de redes sociais, desemprego, luto, entre outros.

A depressão pode promover mais estresse, piorando a situação da pessoa afetada e o episódio depressivo em si, por isso é tão importante procurar ajuda, fazer acompanhamento psicológico ou consultar um médico. Existem vários tratamentos psicológicos e medicamentosos eficazes para a depressão.

Alguns tipos de depressão:

Transtorno depressivo maior: este é o mais conhecido e é o que manifesta grande parte dos sintomas da depressão, como tristeza, mudança no apetite, perturbação do sono e falta de interesse.

Transtorno depressivo persistente (Distimia): este transtorno se caracteriza essencialmente por um humor depressivo que ocorre, na maior parte do dia, na maioria dos dias, por pelo menos dois anos ou por pelo menos um ano para crianças e adolescentes.

Depressão pós-parto:um desequilíbrio hormonal que ocorre após o parto. A mulher se sente deprimida e se deixado sem tratamento pode levar ao desenvolvimento de sentimentos negativos em relação ao bebê.

Depressão reativa:como o nome diz, é uma reação deprimida a algo que ocorreu na rotina de uma pessoa. O evento funciona como um gatilho para a depressão.

Depressão atípica: há picos de reações positivas onde a pessoa pode alegra-se após um acontecimento, mas logo retorna ao seu estado deprimido.

Depressão com padrão sazonal:ocorre com mais frequência em países frios e em épocas específicas, como o fim do ano ou o inverno. A pessoa apresenta sentimentos negativos e deprimidos em relação a algum período.

Depressão breve recorrente:presença concomitante de humor depressivo e pelo menos outros quatro sintomas de depressão por 2 a 13 dias, pelo menos uma vez por mês, por pelo menos doze meses.

Depressão induzido por medicamento: uma alerta importante, algumas condições médicas são tratadas com medicamentos que podem induzir sintomas depressivos ou maníacos.

Depressão bipolar: a pessoa manifesta tristezas e alegrias extremas.

Depressão psicótica:a pessoa apresenta alucinações e delírios.

A depressão é um transtorno mental grave que muitas vezes não é percebido como um problema pela própria pessoa afetada. É de extrema importância o acompanhamento psicológico e psiquiátrico, bem como o apoio da família.

Jacqueline Sherry Ward Maia – Psicóloga Clínica – Pós-graduanda em Neuropsicologia e Problemas de Aprendizagem – Instagram: @psijacquelinewardmaia – E-mail: [email protected]

Veja também

Náutico divulga protocolo para o torcedor que for ao jogo contra o CRB, na Arena
Náutico

Náutico divulga protocolo para o torcedor que for ao jogo contra o CRB, na Arena

Classificados definidos: veja como ficaram os grupos do quadrangular de acesso da Série C
Série C

Classificados definidos: veja como ficaram os grupos do quadrangular de acesso da Série C