Insole: Energia que Transforma Vidas

A primeira clean-fintech brasileira, transformando gastos com energia em investimento

Divulgação Insole

É no Sertão de Pernambuco, no município de Arcoverde, que começa a história de Ananias Gomes, fundador da Insole, uma empresa que nasceu com o propósito de mudar a forma como consumimos a energia ao mesmo tempo em que transforma a vida das pessoas. A fagulha do que mais tarde se tornaria um modelo de negócio inovador foi acesa quando o pequeno sertanejo passou a acompanhar, com um olhar encantado, a construção de uma usina hidrelétrica no interior do estado.

A movimentação dos caminhões na estrada, levando os equipamentos necessários para uma instalação tão grandiosa e que levaria luz e energia para milhares de famílias, inspirou Ananias. Foi também no Sertão, ao lados dos pais, que ele aprendeu as maiores lições que poderia ter na vida: o valor dos estudos e do trabalho, a importância de extrair prazer das coisas mais simples do dia a dia e a resiliência necessária para fazer muito com muito pouco.

Foi com essa bagagem repleta de sonhos que, ainda na adolescência, deu seus primeiros passos ao estudar eletrotécnica na antiga Escola Técnica Federal de Pernambuco (ETFPE). Ao completar a maioridade, o jovem arcoverdense se mudou para o Recife, buscando uma formação em engenharia elétrica. Ananias iniciou sua carreira como estagiário de eletrotécnica na distribuidora de energia do estado de Pernambuco, à época chamada de Celpe. Lá, ao longo de 12 anos, ele aprendeu e construiu a base fundamental para criar o seu próprio negócio.

Mergulho em um novo mundo

Com a inquietação que é característica das mentes inovadoras, em 2013 Ananias deixou para trás seu cargo na Celpe para empreender em um mundo totalmente novo que estava em criação e que ainda era pouco conhecido em terras brasileiras: energia solar fotovoltaica voltada para geração distribuída. Com o apoio de um amigo, conseguiu um empréstimo de R$10 mil para iniciar a empreitada e fundou umas das primeiras empresas desta área no Brasil, batiza de Insole, palavra que no latim significa “ao sol”.

A construção de um sistema no Rio Grande do Norte foi o primeiro projeto conquistado por Ananias, marcando um início desafiador e repleto de dificuldades a serem superadas. Com o projeto entregue e a confiança necessária para impulsionar novos trabalhos, ele convidou o contador Adiel Melo para a sociedade. Unindo suas experiências, os sócios começaram a colocar em prática as ideias para alavancar o negócio. 

Os anos seguintes foram de crescimento acelerado, ancorado na certeza de que era possível transformar o consumo de energia em economia e bem-estar para os clientes, sem que eles precisassem gastar a mais com isso. Ao longo do caminho, novos profissionais foram sendo absorvidos pela empresa, contribuindo para que a Insole se tornasse líder no mercado em sua área de atuação.

A Ananias e Adiel juntaram-se André Caldas e Carlson Carvalho, ambos com mais de duas décadas de trabalho no setor tecnológico; José Neres, profissional com mais de 20 anos e forte atuação em estruturação financeira e também em fusões e aquisições (M&A); e Luis Jorge, especialista no setor elétrico com mais de 35 anos de experiência. Com esta união de forças, a Insole consolidou sua própria matriz de financiamento, tendo sido responsável pela criação do primeiro Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) solar brasileiro.

Com isso, a empresa se tornou uma clean-fintech, conceito até então inédito no país. Clean porque produz energia limpa através da luz solar e fintech porque usa a conta de energia para trazer soluções financeiras, com capacidade para implementar projetos de diferentes tamanhos e em todas as regiões do Brasil.

Uma nova moeda

Com sua sede instalada no Recife, dentro do Porto Digital, um dos principais parques tecnológicos e ambientes de inovação do país, além de uma unidade em São Paulo e mais de 250 franquias, a Insole tem atuação em 15 estados e já instalou mais de cinco mil projetos Brasil afora. Seu time é formado por mais de 200 profissionais capacitados que, juntos, desenvolvem soluções financeiras, tecnológicas e de energia para seus consumidores.

Dentro da Insole, o dia a dia de trabalho é ancorado pelas melhores práticas de gestão do mercado, baseadas no respeito aos direitos e garantias individuais, com repúdio a qualquer tipo de preconceito e respeito à diversidade e igualdade de gênero. Foi esse modelo de governança forte que levou a clean-fintech a ser reconhecida, pela quarta vez,  como uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil pela consultoria global Great Place to Work.

A preocupação com o bem-estar das pessoas ultrapassa as paredes da Insole, que tem como propósito transformar o custo de energia em um mundo de possibilidades, economia e vantagens. Foi pensando nisso que a empresa transformou a conta de luz em uma “nova moeda”. A proposta é simples: ao contratar a Insole, o consumidor não só vai estar optando por uma fonte de energia limpa, renovável e abundante, como vai também sentir no bolso a redução dos custos na hora de pagar pela luz consumida, ao mesmo tempo em que ganha créditos financeiros que poderão ser utilizados em uma rede exclusiva de parceiros.

Além disso, os créditos gerados através da mudança para a clean-fintech podem ser acessados e utilizados com o aplicativo Insole Pay, uma carteira virtual que oferece  funcionalidades financeiras com facilidade e segurança.

Pacto por um futuro sustentável

A Insole já nasceu como uma empresa verde, pois gera energia limpa através da luz do sol e não emite CO2 na atmosfera. A clean-fintech também é signatária do Pacto Global, uma iniciativa proposta pela Organização das Nações Unidas (ONU) para encorajar todas as organizações do mundo a alinharem suas estratégias e operações a dez princípios universais nas áreas de Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção, desenvolvendo ações que contribuam para o enfrentamento dos desafios da sociedade.

Mas ciente de que não faz mais do que sua obrigação, a Insole vai além. Está em seu DNA a busca constante pela redução dos seus impactos ao planeta e a luta pela construção de um mundo mais justo. Por isso, desenvolveu várias ações de engajamento socioambiental, como promover acesso à energia limpa através da implantação dos projetos de energia solar. Esse pacto também sai do papel e vai para as ruas em ações sociais e de voluntariado, atendendo várias instituições do Recife e região.

 

Para o futuro, este que está em constante mutação, Ananias espera continuar aperfeiçoando seu modelo inovador de negócios, apostando em novos formatos de venda e agregando mais tecnologia - Inteligência Artificial, internet das coisas, blockchain, entre outras - aos seus processos de trabalho. Mas, principalmente, permanece latente em todos que fazem a Insole a vontade de continuar disseminando esta nova forma de se consumir energia no Brasil, ao mesmo tempo em que movem e transformam a vida das pessoas. 

 

Este conteúdo, disponibilizado publicamente em parceria com a Folha de Pernambuco, foi desenvolvido com exclusividade pela equipe da Editora Inspiração para o livro Inspiração Pernambuco, com breve lançamento para 2022.

 

 

Veja também

Áreas alagadas na Região Metropolitana do Recife têm fornecimento de energia suspenso
Sem energia

Áreas alagadas na Região Metropolitana do Recife têm fornecimento de energia suspenso

Pacientes são removidos da UPA de Engenho Velho após unidade ficar alagada
Transtorno

Pacientes são removidos da UPA de Engenho Velho após unidade ficar alagada