UNIMED RECIFE Tecnologia e acolhimento para oferecer o melhor em serviços de saúde

Novo Complexo Hospitalar Unimed Recife - Unimed Recife

Na década de 1970, um grupo de médicos visionários percebeu que era a hora de investir em um modelo assistencial que pudesse levar uma medicina de alta qualidade, mas ao mesmo tempo, humanizada. Dessa união de propósitos, criou-se a Unimed Recife. Uma empresa que, desde a sua fundação, tem investido na consolidação de um modelo de gestão com foco no cliente e na sustentabilidade do negócio, que se propõe a entregar uma proposta de valor baseada no cuidar. 

O cuidado deve ser percebido em todos os departamentos, e, para isso, é preciso que cada colaborador atuante da Unimed Recife compreenda a importância do seu papel dentro da empresa. Somente dessa forma é possível entregar um serviço de excelência. O diferencial do grupo é a vocação do médico para cuidar de pessoas e o espírito mútuo do cooperativismo. Combinando isso com um atendimento humanizado, tem-se a base para que novas tecnologias e atividades sejam criadas sempre em consonância com o propósito maior da empresa que é o de zelar pela saúde das pessoas. 

O reconhecimento do cliente como foco do cuidado e atenção é a marca que a diretoria-executiva da Unimed Recife, formada pelos médicos Maria de Lourdes C. de Araújo, Antônio José Barbosa da Cruz e Divaldo Gomes Bezerra Filho, quer deixar na história da empresa. O propósito é crescer, mas lembrando que quem tiver interesse em fazer parte da família Unimed Recife deve encontrar aconchego, alguém que está preocupado em garantir o melhor serviço de saúde.


Maria de Lourdes C. de Araujo, presidente do conselho de Administração da Unimed Recife
 
O legado que a diretoria-executiva dispõe para seus cooperados é a implantação de uma rede própria de hospitais, clínicas e laboratórios. Locais nos quais os médicos que fazem a Unimed Recife possam se sentir em casa, onde é possível atender os clientes/pacientes numa estrutura de excelência, com equipamentos e pessoal necessários para oferecer a melhor assistência.


Diretores Executivos e Conselheiros da Unimed Recife

Complexo Hospitalar

Formado por quatro unidades hospitalares – Unimed Recife I, Geral Materno Infantil e Complexo Unimed Recife – Torres 1 e 2 –, a rede médica implantada nas últimas décadas é uma referência em proporcionar aos seus pacientes uma medicina de alta performance e um atendimento diferenciado. Ao todo, o complexo hospitalar, concentrado na Ilha do Leite, dispõe de 579 leitos, sendo um dos maiores do Nordeste. 
 
Em 2021, a empresa inaugurou a Torre 1 do Complexo Hospitalar Unimed Recife, com foco em procedimentos de alta complexidade. Ela, em seus 22 mil metros quadrados de área, oferece serviços de internamentos cirúrgicos e oncológicos, transplante de medula óssea, centro diagnóstico com serviços de tomografia, ressonância e raio-x, Day Clinic, centro de infusão e consultórios especializados.


Hospital Geral Materno Infantil da Unimed Recife, inaugurado em 2018

 
O hospital representa o maior investimento da operadora em tecnologia para o paciente, inclusive, colocando em atividade um dos mais modernos equipamentos para cirurgia robótica do país. O CHUR conta com 20 leitos de UTI, sendo dois de isolamento, 90 leitos de enfermaria, 90 apartamentos, sendo cinco de isolamento, e seis apartamentos de transplante de medula óssea, com um para isolamento.
 
Para oferecer mais conforto aos que precisam realizar pequenos procedimentos, a direção da Unimed Recife idealizou uma Day Clinic. Com sete leitos, o espaço é reservado para as pessoas cujas intervenções cirúrgicas não necessitam de pernoite no hospital. O paciente fica no máximo seis horas na unidade se recuperando e depois recebe alta.
 
Dedicação à saúde da mulher e da criança

A Unimed Recife tem investido forte para garantir o melhor atendimento para as mulheres e as crianças. O Hospital Geral Materno Infantil (HGMI) foi criado com o único objetivo de oferecer o que existe de melhor na medicina para esses dois públicos. O HGMI conta com 13 andares, cerca de 130 leitos, emergência pediátrica e obstétrica, duas salas de parto humanizado, um bloco cirúrgico, 14 enfermarias, UTI neonatal e adulto e um banco de leite. O hospital marca o compromisso que a direção da empresa tem com os obstetras e pediatras. 

Esse cuidado com o paciente está no DNA da empresa de perseguir uma medicina humanizada. Ele é muito próprio de uma cooperativa médica, formada desde a sua base até os altos cargos de comando por profissionais da área de saúde. Dessa forma, a companhia tem uma sensibilidade muito grande no que o cliente necessita. É um legado que vem sendo passado desde a época da criação da empresa até os dias atuais.

Para atingir esse nível de excelência, na Unimed Recife o cuidado com a formação dos médicos é contínuo. Para que um profissional faça parte da cooperativa, é necessário que ele tenha uma especialização (residência) médica. O corpo clínico é composto por mais de 2.200 cooperados, dos quais quase 800 atuam nas estruturas próprias, sendo um diferencial, pois é extremamente bem capacitado, com muitos anos de experiência.

Primeiro hospital digital da América Latina

Se a humanização está no DNA da Unimed Recife, os investimentos em tecnologia são o pilar que move a empresa para o futuro. A Torre 2 do CHUR, um dos quatro que formam o complexo de unidades hospitalares do grupo, entrou para a história da Saúde no Brasil em 2016 por uma conquista inédita na América Latina. A instituição, obteve o certificado de Hospital Digital – Nível 7, concedido pela maior associação de Informática em Saúde do mundo, a Healthcare Information and Management Systems Society (HIMSS). 
 
Com o objetivo principal de garantir maior qualidade assistencial, a adoção do prontuário eletrônico foi o pilar para a Torre 2 ser o primeiro hospital com esse status entre os países latino-americanos. O aprimoramento do circuito fechado de administração com 95% das medicações administradas à beira-leito com dupla checagem, o registro automático de tudo que é infundido no paciente, a integração da farmácia clínica à equipe multidisciplinar, e a dispensação de medicamentos a partir da separação e identificação por nome do paciente, número do leito e horário da administração, garantiram maior controle ao processo, redução da incidência de erros e de custos.  
 
História marcada pelo pioneirismo

A conquista do título de primeiro hospital digital da América Latina vem reforçar a história de pioneirismo da empresa desde a sua criação, em 1971. Um empreendimento formado por médicos, que nasce como uma cooperativa voltada para a melhoria da qualidade dos serviços de saúde. O nome Unimed (União dos Médicos), que hoje está espalhado por diversas cooperativas médicas por todo o Brasil, foi registrado por um dos médicos cooperados do Recife e, depois, a pedido da federação nacional, foi disponibilizado, de maneira gratuita, para ser usado em todo o país.
 
Esse pioneirismo se refletiu em outras ações: um dos primeiros hospitais próprios entre as Unimeds no Nordeste foi implantado na capital pernambucana, o Unimed Recife I. Mas nada se compara ao fato da doutora Maria de Lourdes C. de Araújo ser a primeira mulher presidente de uma Unimed em todo o território nacional. Ela foi eleita, pela primeira vez, em abril de 1996. Doutora Lourdinha, como é carinhosamente conhecida por todos, vem junto com os outros membros da diretoria-executiva, mostrando que é possível unir sustentabilidade do negócio e medicina de alta performance.
 
Sempre em transformação
 
A Unimed Recife está sempre em processo de transformação. Apesar de ter uma cultura muito forte baseada na humanização, a cada três, quatro anos, ela se torna uma empresa completamente diferente. Entre 2018 e 2021, foram inaugurados uma maternidade e um novo hospital de alta complexidade, o que deu à empresa uma musculatura para competir com os players do mercado de saúde. 
    
Uma rede de laboratórios próprios começou a ser fomentada em 2018. A proposta inicial foi pensada para atender a demanda interna, mas com os resultados positivos alcançados, a direção percebeu que podia expandir a atuação para o público externo, com a abertura de unidades do LabUni em Boa Viagem, no Paissandu e em Casa Forte e perspectiva de novas unidades em outros bairros do Recife nos próximos anos.
 
Os investimentos em tecnologia de ponta não estão restritos aos equipamentos dos hospitais. O grupo, comprometido em oferecer mais tranquilidade e conforto aos seus clientes, implantou um aplicativo para celular onde grande parte dos serviços está disponível na palma da mão. Pelo app é possível agendar consultas, carteira virtual, pagamento de fatura, acesso aos resultados de exames, sejam eles clínicos ou de imagens. 
 
O futuro na Unimed Recife é projetado, sempre, pensando nos médicos e nas quase 200 mil vidas que estão sob os cuidados desses profissionais. O objetivo é ampliar o mercado de trabalho para eles e para as outras atividades que transitam em torno da Medicina, como nutrição, fisioterapia, psicologia, fonoaudiologia. As próximas décadas serão desafiadoras, mas uma coisa o cliente Unimed Recife pode ter certeza: o foco é manter o cuidado, o respeito com o paciente por meio de uma medicina de alta tecnologia, mas cada dia mais humanizada.


Este conteúdo, disponibilizado publicamente em parceria com a Folha de Pernambuco, foi desenvolvido com exclusividade pela equipe da Editora Inspiração para o livro Inspiração Pernambuco, com breve lançamento para 2022.

Veja também

Publicidade Legal - 01 de Julho de 2022 - Editais e balanços

Publicidade Legal - 01 de Julho de 2022 - Editais e balanços

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 43 milhões
Loteria

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 43 milhões