A-A+

A escolha da primeira creche ou escola, na visão de uma mãe

Da série de artigos sobre esta importante escolha

Fisioterapeuta Obstétrica Gabriela Ribeiro e filho - Arquivo Pessoal

Passamos por momentos de muitas mudanças e com elas a visão sobre o que esperar de uma escola também, sobre o que está dentro dos nossos valores, nossas vivências e nossos princípios.

Devemos levar em conta que a primeira infância é o período de maior desenvolvimento infantil, desenvolvimento de personalidade, descoberta como um ser único na sociedade, um ser humaninho totalmente criativo, produtivo, com habilidades a mil por hora, e todos esses pontos merecem atenção e serem muito bem trabalhados.

Sugiro então alguns pontos a serem observados nessa escolha, pensando no seu filho e também na família:

1) Qual a metodologia abordada: vocês pensam em seguir uma linha que visa desempenho e notas (tradicional) ou voltada ao aprender, que valoriza a bagagem que a criança traz, relacionamentos interpessoal, atividades em grupo ou até mesmo que a criança tenha a responsabilidade pelo seu aprendizado, exercícios de concentração com professor como um guia (como a construtivista, sócio-interacionista, montessori...)

2) Visitar a escola com a criança fará você observar como ela interage com o ambiente que frequentará.

3) Observar como é a relação dos responsáveis com os funcionários falará muito sobre a relação com o próximo.

4) A segurança ao redor da escola e dentro também: se ocorre o controle de quem deixa e pega a criança. E aproveite para saber também como é a comunicação da escola com os responsáveis; se existe um relatório diário, se é mensal, se fazem reunião, em caso de imprevistos (acidentes por exemplo) como eles agem.

5) Como são os lanches (individual ou coletivo – se está incluso na mensalidade ou se paga por fora; se tem alguma nutricionista que faz o cardápio) e se avisa como foi no dia, se avisam também sobre realização das sonecas (inclusive se respeita o tempo de soneca individual), se fez xixi e cocô.

6) Como eles agem com relação ao desfralde, se respeitam o tempo de cada bebê ou se é coletivo.

7) Espaço da sala de aula: é aberto ou fechado? Arejado ou apenas com ar condicionado? Observe se é confortável e limpo

8) Quantos alunos terão na turma e quantos cuidadores.

9) Hora do banho: Individual ou em grupo?

10) Estrutura escolar: espaço aberto, natureza, areia. Visando todo desenvolvimento sensorial importantíssimo para essa idade.

11) Religião: não faz parte do ensino de todas as escolas então observem o que vocês estarão esperando com relação a isso.

12) Apoio psicológico: existe alguma psicóloga na escola?

13) E finalizando com um aspecto não menos importante, adaptação escolar. Como acontece, aceitam responsável no espaço? Pode ficar na sala ou só do lado de fora? Pode ficar na vista da criança ou só longe para chamar se for o caso? Tem tempo limite para essa adaptação?

Esse primeiro contato da criança com a escola ela deve se sentir acolhida e ouvida, deve ser leve, divertida e estar aprendendo brincando.

 

Gabriela Ribeiro é mãe, fisioterapeuta, profissional de educação física, pós-graduanda em fisioterapia obstétrica e uroginecológica, doula, instrutora de pilates e especialista em gestantes e pós-parto (diástase).

Veja também

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 40 milhões
Loterias

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 40 milhões

Doria acusa Leite de estar reclamando e chorando sobre suspeita em prévias do PSDB
Prévias

Doria acusa Leite de estar reclamando e chorando sobre suspeita em prévias do PSDB