Após aventura romântica, cão é retirado de lago por pescadores

Ele foi avistado por pescadores e encontrado bastante cansado do esforço para se manter bem na água - Reprodução/Instagram

O povoado de América, no município de Santo Amaro, distante mais de 200km de São Luís, capital do Maranhão, foi palco de uma história inusitada nesta semana. 

Dois pescadores avistaram um cachorro nadando sozinho no Lago São Francisco. De pronto, partiram para resgatá-lo. Em um vídeo postado nas redes sociais, é possível perceber que o cãozinho estava cansado e se sentiu bastante aliviado com a ajuda recebida. 

Através das redes sociais, eles chegaram ao tutor do canino. O ponto curioso é o motivo que levou o animal, de nome Betoven, até a situação na qual foi encontrado.

Leia também:

Pelos embaixo das patinhas passam despercebidos, mas podem oferecer riscos

Dia Nacional dos Animais, 14 de março é para celebrar, mas também refletir

Excesso de fofura: 217 tartarugas marinhas nascem na Praia de Piedade
 
Leia outras notícias no Folha Pet


Ele havia acompanhado o tutor em uma visita recente a América, que fica localizada no lado oposto a Santo Amaro. O Lago São Francisco separa os dois lugares. 

Em América, o cão encontrou uma cadela que estava no cio e não queria mais deixá-la. Diante disso, a principal tese é que ele tenha se aventurado pelas águas maranhenses tentando chegar novamente até ela. 

Ele foi identificado após publicações nas redes sociais. Foto: Reprodução Instagram

Os pescadores que o resgataram relataram que o cão estava cansado. Além do tempo que passou nadando, ele ainda andou de casa até chegar ao lago. E, mesmo diante de tanto esforço, infelizmente, acabou não reencontrando a amada. 

Veja também

Testes de anticorpos após vacina contra Covid-19 são incapazes de garantir a eficácia do imunizante
Coronavírus

Testes de anticorpos após vacina contra Covid-19 são incapazes de garantir a eficácia do imunizante

Senado aprova redução na tarifa de energia elétrica por 5 anos
CONTA DE ENERGIA

Senado aprova redução na tarifa de energia elétrica por 5 anos