A-A+

Após dez dias, é encontrada a cadela Nala, que fugiu assustada com os fogos de São João

A border collie foi encontrada na madrugada deste sábado (3) - Reprodução

Após dez dias de buscas, a cachorra da raça border collie Nala foi encontrada na madrugada desde sábado (3). A cadela havia fugido no último dia 23, assustada com os fogos da véspera de São João, em Aldeia, Camaragibe, Região Metropolitana do Recife.
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Folha de Pernambuco (@folhape)

A equipe de buscas ficou dias a fio fazendo vigília com um áudio de uma das tutoras, a médica Lalluna Brandão, de 30 anos, chamando pelo nome da border collie. 

Após ligação do porteiro avisando da possível presença de Nala pelos arredores dos muros no condomínio, a tutora conta que correu até o local e, no momento em que a avistou, deitou-se no chão para ganhar confiança dela — dica dada por uma amiga.

O marido de Lalluna, João Costa, ou Joca, de 36 anos, também foi ao local com a outra cachorrinha da família, Harley, para Nala se sentir mais confortável. Na busca, a cadela ainda tentou fugir, assustada.

Leia também:

São João: dicas para amenizar o desconforto dos pets com os fogos
 
Saiba o que acontece por trás da “lágrima ácida” em cães e gatos
 
Paudalho inaugura castramóvel; veja agenda da próxima semana e como cadastrar o pet

Veja outras notícias no Folha Pet



Joca detalha também que a quantidade de pessoas que os ajudaram foi essencial na busca pela cadela. "Tem sido incrível essa quantidade de pessoas que estão vindo atrás da gente conversar e perguntando. Graças a essa rede gigante que se criou de amor, a gente conseguiu chegar nela", agradece. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Tutora De Nala (@naladesaparecida)

Na manhã deste sábado (3), Nala já se encontra em casa mais calma, recebendo banho, tosa e carinho. "Está super calma! Tomou um novo banho com o nosso jardineiro, que é com quem ela toma banho sempre. Eu já fiz uma tosa, tirando os nós e carrapichos. Eu tenho o costume de fazer essas tosas higiênicas nos nossos animais," detalhou a tutora Lalluna.

Da direita para a esquerda: Harley, Nala e pretinha, em 2018.Da direita para a esquerda: Harley, Nala e Pretinha, em 2018. - Foto: Arquivo Pessoal

Entenda o caso

Lalluna Brandão conta que a cadela começou a correr agitada e sem respirar e acabou saindo por uma parte não murada do condomínio. Após o ocorrido, ela buscou as câmeras de segurança e viu que Nala tinha ido em direção à mata.

Desde então, foi oferecida recompensa de R$ 2 mil pela cadela. As buscas foram divulgadas por todos as localidades e a procura por Nala ganhou as redes sociais. 
 

 

Veja também

EUA planejam retomar em novembro politica 'Fique no México'
Estados Unidos

EUA planejam retomar em novembro politica 'Fique no México'

Centauro e Nike abrem 70 vagas para fim de ano em Pernambuco
Oportunidade

Centauro e Nike abrem 70 vagas para fim de ano em Pernambuco