Mais de 100 tartarugas nascem no Litoral Sul de Pernambuco

Tartaruga-de-pente é uma espécie ameaçada - Mariângela Viana/PMCSA

Na tarde desta quinta-feira (29), 117 tartarugas da espécie Eretmochelys imbricata, popularmente conhecida como tartaruga-de-pente, nasceram na Praia de Enseada dos Corais, no Cabo de Santo Agostinho, Litoral Sul de Pernambuco. 

Equipes da fiscalização ambiental auxiliaram no nascimento. A espécie está criticamente ameaçada, de acordo com União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN).

O tempo nublado e com chuviscos tornou o momento ainda mais propício para a saída das tartarugas do ninho. Apenas dois ninhos não eclodiram, equivalendo a um percentual de 98% de natalidade. A desova aconteceu há 58 dias, no dia 3 de março.  

O ninho estava em um local de restinga, tipo de vegetação do litoral brasileiro situado entre a faixa da praia e a Mata Atlântica. Com a ação da equipe ambiental, não houve a degradação da vegetação. A ação também contou com o apoio da ONG Onda Limpa.

Leia também:

Seu pet está no peso ideal? Saiba como identificar

À la Usain Bolt, cão invade pista e rouba a cena em competição de atletismo; assista

Abril Laranja lembra que maus-tratos vão além da agressão física; saiba como denunciar


Leia outras notícias no Folha Pet
 

 O biólogo da Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, Felipe Brayner, que faz o monitoramento dos ninhos no litoral cabense, explica que, sem o auxílio da equipe no nascimento, esse percentual cairia, podendo chegar a uma taxa de 17% de tartarugas que não chegariam ao mar. 

"Esse trabalho é essencial para reduzir a taxa de mortalidade da espécie, que acontece por diversos motivos, como ação humana e predadores naturais. De mil tartarugas, apenas uma ou duas chegam à vida adulta e à maturidade sexual. Esse trabalho de conservação e conscientização do uso de redes no litoral ajuda a colocar mais animais marinhos no mar e evitar a extinção da espécie", destaca o biólogo.

Se elas chegarem à idade adulta, daqui a 20 anos, elas voltarão para a Praia de Enseada dos Corais para desovar. Caso alguma pessoa encontre um local de desova, ou animal marinho na faixa de areia, pode entrar em contato com o WhatsApp da Secretaria Executiva de Meio Ambiente do município, no número (81) 99151-8127.

Nascimento de tartarugas-de-pente na Praia de Enseada dos CoraisFoto: Mariângela Viana/PMCSA

Veja também

Julgamento de policiais envolvidos na morte de Floyd é adiado nos EUA
Justiça

Julgamento de policiais envolvidos na morte de Floyd é adiado nos EUA

Seleção masculina de vôlei terá Carlos Schwanke como substituto de Renan
Vôlei

Seleção masculina de vôlei terá Carlos Schwanke como substituto de Renan