Projeto Não ao Abandono, que oferece cirurgias de castração a preços populares, ganha versão itinerante

Mais de 1.200 animais já foram castrados neste ano através da iniciativa - Reprodução/Instagram

A partir de abril, o projeto de castração “Não ao Abandono”, idealizado pela ativista, jornalista e ex-vereadora do Recife,Goretti Queiroz, ganhará uma versão itinerante e visitará municípios da Região Metropolitana do Recife (RMR) promovendo a castração de cães e gatos a preços populares. 

O projeto vem sendo realizado há alguns meses em parceria com o Centro de Esterilização Animal (CEA), localizado em Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, na RMR. Até o momento, cerca de 1.200 animais já foram operados neste ano através da iniciativa. 

“Comecei a perceber que algumas pessoas estavam com dificuldades para se deslocar até a clínica. Veio a ideia de fazer uma versão itinerante, para poder ajudar mais pessoas”, explicou Goretti, que tem a meta de realizar em torno de 10 mil cirurgias até o final de 2021. 

Leia também:

Após aventura romântica, cão é retirado de lago por pescadores
 
Pelos embaixo das patinhas passam despercebidos, mas podem oferecer riscos
 
Existe intervalo de tempo ideal para dar banho nos cães?
 
Veja outras notícias no Folha Pet


A primeira parada do Não ao Abandono fora de Piedade será na região central do Recife, no próximo dia 11 de abril. Diferente do sistema adotado no CEA, que tem um dia da semana apenas para cães e outro exclusivamente para gatos, as datas da ação itinerante concentrarão todos os animais em um único dia. 

A ação do dia 11 acontecerá no Ágape Cursos Recife, com um médico veterinário parceiro responsável pelos procedimentos. Como o espaço conta com curso de técnico em veterinária, alguns alunos poderão assistir às cirurgias como parte do aprendizado curricular. 

O local fica na Rua do Progresso, número 181, bairro da Soledade. As inscrições para as castrações deverão ter início na próxima semana, através do WhatsApp (81) 98226-9534. No ato da inscrição, são passadas informações sobre valores, horários e recomendações pré-operatórias.

CãoMeta do projeto é atingir 10 mil cirurgias em 2021. Foto: Reprodução/Instagram

No dia 24 de abril, o projeto irá para Olinda, em parceria com a clínica e pet shop Patas Molhadas, em Casa Caiada. O período de inscrições será anunciado posteriormente, através da página oficial de Goretti no Instagram (@gorettiqueiroz).  

“A intenção é começar a rodar com o projeto, à medida em que formos conseguindo firmar parcerias. Nossa ideia é chegar a outros municípios, como Paulista, São Lourenço da Mata, para dar oportunidade a mais tutores”, explicou Goretti, que reforça, constantemente, a necessidade de o poder público elaborar políticas eficazes para o controle da população de cães e gatos em situação de vulnerabilidade. “É uma questão também de saúde pública.” 

Veja também

Kirchner e Lula defendem renovação da política e reconstrução da unidade latino-americana
Política

Kirchner e Lula defendem renovação da política e reconstrução da unidade latino-americana

Fachin proíbe PF de qualquer ato de investigação a partir da delação de Sérgio Cabral

Fachin proíbe PF de qualquer ato de investigação a partir da delação de Sérgio Cabral