Veterinários fazem ato, neste domingo (18), por prioridade na vacinação contra a Covid-19

Concentração está marcada para 9h30, em frente ao Classic Hall - Divulgação

Está marcada para a manhã deste domingo (18) uma carreata organizada por médicos veterinários de toda a Região Metropolitana do Recife (RMR) para cobrar que a categoria seja novamente inserida entre os grupos prioritários de vacinação contra a Covid-19. 

Alguns municípios pernambucanos começaram a imunizar esses profissionais junto com os trabalhadores da saúde, por grupos etários. Mas, pouco tempo depois, o acesso foi suspenso. 

A concentração está marcada para as 9h30, em frente ao Classic Hall, que fica no limite entre os municípios de Recife e Olinda. O plano inicial é sair às 10h, com destino à Praça 12 de Março, em Olinda, onde será feito um retorno para pegar novamente a Avenida Agamenon Magalhães e seguir rumo a Jaboatão dos Guararapes. 

Essa passagem por Olinda, no entanto, ainda depende de autorização dos órgãos de trânsito. Caso não haja permissão, o grupo partirá diretamente para Jaboatão, até a altura do Shopping Guararapes. Na ida, seguirão pela Avenida Domingos Ferreira, em Boa Viagem, enquanto a volta será pela Avenida Boa Viagem. 

Foto: Divulgação

“Fazemos parte de um grupo que é a Saúde Única, desde 1997. Então, quando foi feito o plano de vacinação, estávamos inclusos no grupo de prioridade. Depois, fomos retirados. Sabemos que é nosso direito e, inclusive, a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) já reconheceu isso e mandou um documento para o governador Paulo Câmara. E vamos fazer a carreata pedindo que o nosso direito seja devolvido”, disse a médica veterinária Cristiane Aguiar, que está à frente do movimento. 

“Nós não deixamos de trabalhar um dia sequer desde o início da pandemia. E, para fazermos o atendimento a um animal, o dono precisa estar junto, então não temos nem a condição de fazer o distanciamento social da forma adequada”, completou ela. 

Atendimento veterinárioDurante os atendimentos, é difícil conseguir fazer o distanciamento social adequado. Foto: Pexels  

Segundo a médica veterinária, no momento, dois colegas de profissão lutam contra a Covid-19 em leitos de UTI do Estado, um deles fazendo uso da terapia de oxigenação por membrana extracorpórea (ECMO). “Muitos colegas já foram diagnosticados com a Covid-19 e vários precisaram ser hospitalizados”, disse. 

Leia também:

Shopping Recife e Abrigo Seu Alberto fazem parceria para incentivar adoção responsável
 
No Dia do Gato, veja coisas que só quem tem/ama os bichanos sabe
 
Após a castração, alimentação de cães e gatos exige atenção especial

Leia outras notícias no Folha Pet

Cristiane lembrou ainda que os médicos veterinários chegaram a passar por um curso no ano passado, no início dos casos da Covid-19 no Brasil, e fizeram um cadastramento para caso fosse necessário fazer reforço na linha de frente de combate à pandemia. 

Em Pernambuco, os boletins da Secretaria Estadual de Saúde listam o número de veterinários diagnosticados com a Covid-19 na relação dos profissionais da saúde, ao lado de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas, entre outras categorias. Esse balanço é divulgado sempre às quartas-feiras. 

Quadro atualizado no dia 14 de abril. Fonte: SES-PE

A Reportagem do Folha Pet entrou em contato com a SES-PE, que orientou acionar o Ministério da Saúde sobre o tema. A gestão do Estado se manifestou, recentemente, dizendo que segue diretrizes do Plano Nacional de Imunização (PNI). O Ministério da Saúde, no entanto, não retornou o contato até a última atualização desse texto. 

Veja também

Defesa civil dos municípios da RMR registram ocorrências por conta das chuvas
Chuvas

Defesa civil dos municípios da RMR registram ocorrências por conta das chuvas

Testes de anticorpos após vacina contra Covid-19 são incapazes de garantir a eficácia do imunizante
Coronavírus

Testes de anticorpos após vacina contra Covid-19 são incapazes de garantir a eficácia do imunizante