A-A+

O futebol pernambucano de hoje é de fazer chorar

O pobre do Sport foi humilhado por uma equipe de super-heróis, que só não fez mais gols porque não quis - Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

Já faz um bom tempo que os três grandes de Pernambuco vêm deixando os seus torcedores completamente envergonhados. E neste final de semana, o que já estava ruim ficou pior. Pra começar, o Santa Cruz nem precisou entrar em campo para ser matematicamente rebaixado para o “inferno” da Série D. Isso porque o Floresta, que não poderia pontuar, empatou com o Volta Redonda em 1x1, ontem, e jogou o Tricolor de vez no buraco. E neste domingo, pra variar, o Santinha perdeu do Tombense por 2x1 só para cumprir tabela. Com isso, chegou a 17 jogos, com apenas duas vitórias em toda a competição.

Já o Náutico até que começou ganhando do Botafogo/RJ, ontem, mas acabou sofrendo a virada: 3x1. Com o resultado, o Timbu fica na 8ª posição da Segundona, com 35 pontos, a seis da zona de classificação. Ou seja, o ex-Timbatível, que completou o quarto jogo sem vitória, vê cada vez mais distante o sonho do acesso. E digo mais: com esse futebol em queda livre, eu afirmo que o Náutico não sobe para a Série A.

Enquanto isso, o Sport, também ontem, foi completamente destroçado pelo Atlético/MG. Com um futebol de dar pena (ou raiva), o Leão, que não vence há mais de um mês e não marca um golzinho sequer há sete jogos, foi goleado por 3x0 pela equipe de Hulk e os Vingadores. E olhe que o placar poderia ter sido muito maior, viu?! Não tenho dúvida em afirmar também: o Rubro-negro já caiu, só ele mesmo que não viu isso.

Veja também

Grávida, noiva dirige até o próprio casamento após rejeições de corridas por aplicativo
Independência

Grávida, noiva dirige até o próprio casamento após rejeições de corridas por aplicativo

Relator do IR no Senado ataca texto e ameaça plano de Guedes para Auxílio Brasil
Auxílio

Relator do IR no Senado ataca texto e ameaça plano de Guedes para Auxílio Brasil