A-A+

O ouro de Rebeca me fez assustar o povo aqui de casa

Rebeca Andrade é a primeira atleta brasileira a conquistar duas medalhas numa única edição de olimpíada. Amanhã tem mais - Foto: Ricardo Bufolin/Panamerica Press/CBG

Não sou muito de acordar cedo nos fins de semana. Mas resolvi abrir uma exceção neste domingo (01/08) para assistir a Rebeca Andrade na final do salto. Não me arrependi. A brasileira de 22 anos entrou de vez para a história ao conquistar a medalha de ouro no salto. O engraçado é que vibrei muito com o salto dela e comecei a pular mais e mais, na sala de casa, ao ver que as adversárias foram ficando para trás nas notas. O grito que assustou todo mundo veio com a certeza do primeiro lugar: “É ouroooooooo!!!”.

No meio da semana, Rebeca já havia conquistado a prata no individual geral da ginástica artística. Com esses dois pódios, ela passou a ser a primeira atleta brasileira a conquistar duas medalhas numa única edição de olimpíada, além, é claro, de ser a primeira ginasta brasileira na história a conquistar alguma medalha numa Olimpíada. Essa menina é rocheda mesmo, viu?!

E o show não deve parar por aqui. Nesta segunda-feira (02/08), às 5h50 (de Brasília), Rebeca Andrade tem a chance de conquistar mais um pódio, só que, desta vez, na final do solo. E vou continuar torcendo muito para que o “Baile de Favela” coloque de vez o mundo todo para dançar. Mostra para os gringos como é o gingado brasileiro, Rebeca!

Veja também

Náutico divulga protocolo para o torcedor que for ao jogo contra o CRB, na Arena
Náutico

Náutico divulga protocolo para o torcedor que for ao jogo contra o CRB, na Arena

Classificados definidos: veja como ficaram os grupos do quadrangular de acesso da Série C
Série C

Classificados definidos: veja como ficaram os grupos do quadrangular de acesso da Série C