Paciência tem limite. Leston Júnior que o diga...

Treinador coral faz desabafo em coletiva e é demitido. Martelotte e Zé Teodoro retornam ao clube

Segundo Leston Júnior (C), como já se sabe, falta de tudo no Santa Cruz, desde estrutura, passando por falta de dinheiro a planejamento zero - Foto: Rafael Melo/SCFC

Há mais ou menos um mês, nós do programa Que Golaço! (mesmo nome do blog) entrevistamos o presidente do Santa Cruz, Antônio Luiz Neto. Na ocasião, o mandatário coral se esquivou das perguntas sobre salários atrasados e falta de receita. Em todas elas, respondeu que não poderia expor a real situação do clube, mas garantiu que as providências já estavam sendo tomadas.

Ontem, após a vitória de virada na raça em cima do Atlético de Alagoinhas, no Arruda, pela Série D, o técnico Leston Júnior juntou toda a comissão técnica, jogadores e funcionários do clube para fazer um desabafo do tamanho do mundo. Segundo ele, como já se sabe, falta de tudo no Santa Cruz, desde estrutura, passando por falta de dinheiro a planejamento zero.

Tudo bem que o que ocorre dentro de um clube não deve ser exposto aos quatro cantos. Mas paciência tem limite. Se Leston fez isso é porque deve ser realmente insuportável estar num ambiente onde não haja as mínimas condições de trabalho. E olhe que Antônio Luiz Neto garantiu que as providências estavam sendo tomadas, viu?! Imagine se não estivessem...

Para não perder a moral, a diretoria demitiu o treinador e o executivo de futebol, Marcelo Segurado, e já anunciou a contratação de Marcelo Martelotte, para técnico, e Zé Teodoro, para coordenador de futebol - parecia até que Leston já iria ser demitido, independentemente do desabafo. Esses dois últimos são velhos conhecidos da torcida tricolor e podem até ajudar, mas resolver o problema do clube não vão chegar nem perto.

Sabe por quê? A bronca é estrutural e precisa de planejamento sério e investimento pesado, e ela não se resolve com a simples troca de técnico ou mesmo vendendo ovo, bolo de rolo ou água mineral. Essa é a triste realidade do Santinha.  

Veja também

"Não tem para quê ter pressa", comenta Yuri Romão sobre pagamento da Salernitana ao Sport por Mikael
Futebol

"Não tem para quê ter pressa", comenta Yuri Romão sobre pagamento da Salernitana ao Sport por Mikael

Homem é preso após ameaçar pessoas com facão e ser baleado por PM em Limoeiro
Agreste

Homem é preso após ameaçar pessoas com facão e ser baleado por PM em Limoeiro