A-A+

Vai ter azar assim lá na casa do chapéu, Náutico!

Com um gol sofrido para o Remo no apagar das luzes, o Timbu mostra que está mesmo numa maré de azar da gota nesta Segundona - Foto: Fernando Torres/Agif/Folhapress

Não tiro uma vírgula do que eu acho sobre os erros da diretoria do Náutico em demorar para repor, à altura, peças importantes do elenco, mas também não tem como não dizer que o Timbu seja um time azarado. No último mês de julho, o atacante e capitão da equipe, Kieza, sofreu uma lesão completa do tendão de Aquiles e, por isso, teve que ficar de fora do resto da Série B deste ano.

Na última terça-feira (21), contra o Londrina, foi a vez do lateral versátil Bryan também dar adeus ao campeonato por conta de uma séria contusão. Ele rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito e também não joga mais pelo Náutico em 2021.

Já ontem, quando todos os alvirrubros pensavam que a maré de azar tinha ficado para trás, veio outro baque. Mesmo com o elenco empolgado com a volta do técnico Hélio dos Anjos, que estava acompanhando o jogo num camarote do estádio Baenão, não foi possível impedir o gol da vitória do Remo, aos 52 minutos do segundo tempo, o último lance do confronto. É pra se lascar, viu?! Que banho de água gelada no quengo!

Com esse resultado, o ex-Timbatível chegou ao sexto jogo seguido sem triunfos na Segundona, sendo a quarta derrota consecutiva. Os pernambucanos estão agora em 10º, com 35 pontos. Ah, sobre o retorno de Hélio dos Anjos ao comando do grupo, posso até morder a língua, mas também continuo achando que não vai dar certo.  

Veja também

Homem é atacado por jacaré em lago de Campo Grande (MS)
Centro-oeste

Homem é atacado por jacaré em lago de Campo Grande (MS)

Show de dupla sertaneja é interrompido após palco pegar fogo em SP
Susto

Show de dupla sertaneja é interrompido após palco pegar fogo em SP; assista