Jô Soares morre, aos 84 anos, em hospital de São Paulo

Apresentador estava internado desde o dia 28 de julho para tratar uma pneumonia

Jô Soares - Divulgação

Ator, humorista, apresentador, diretor, escritor... um dos maiores artistas da televisão brasileira nos deixou na madrugada desta sexta-feira (5), aos 84 anos. Jô Soares estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde o dia 28 de julho para tratar uma pneumonia. A causa da morte não foi informada. O falecimento de Jô foi comunicado por Flavia Pedras, ex-mulher do apresentador, pelo Instagram. Na publicação, Flavia diz que Jô Soares morreu "cercado de amor e cuidados" e que o funeral será restrito aos familiares e amigos.

Faleceu há alguns minutos o ator, humorista, diretor e escritor Jô Soares. Nos deixou no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, cercado de amor e cuidados. O funeral será apenas para família e amigos próximos. Assim, aqueles que através dos seus mais de 60 anos de carreira tenham se divertido com seus personagens, repetido seus bordões, sorrido com a inteligência afiada desse vocacionado comediante, celebrem, façam um brinde à sua vida. A vida de um cara apaixonado pelo país aonde nasceu e escolheu viver, para tentar transformar, através do riso, num lugar melhor. Viva você meu Bitiko, Bolota, Miudeza, Bichinho, Porcaria, Gorducho. Você é orgulho pra todo mundo que compartilhou de alguma forma a vida com você. Agradeço aos senhores Tempo e Espaço, por terem me dado a sorte de deixar nossas vidas se cruzarem. Obrigada pelas risadas de dar asma, por nossas casas do meu jeito, pelas viagens aos lugares mais chiques e mais mequetrefes, pela quantidade de filmes, que você achava uma sorte eu não lembrar pra ver de novo, e pela quantidade indecente de sorvete que a gente tomou assistindo. Obrigada para sempre, pelas alegrias e também pelos sofrimentos que nos causamos. Até esses nos fizeram mais e melhores. Amor eterno, sua, Bitika", escreveu Flavia.

Leia Mais

Amigos e familiares comparecem ao velório de Jô Soares

Mesmo com sua partida, o beijo do gordo ficará marcado na história. Nascido em 1938,  estreou na Globo em 1970 e, desde então, levou alegria aos telespectadores. Durante sua trajetória, lançou vários livros, dirigiu peças e protagonizou momentos marcantes em frente às telas.

Veja também

Cuba segue combatendo um gigantesco incêndio
Cuba

Cuba segue combatendo um gigantesco incêndio

Por falta de quórum, assembleia para mudança de estatuto do Náutico é adiada
Náutico

Por falta de quórum, assembleia para mudança de estatuto do Náutico é adiada