Alimentação e atividades físicas alinhadas em todas as estações do ano

Saúde e qualidade de vida devem ser cultivadas ao longo do ano e não apenas durante uma estação

Olá, leitores e internautas que acompanham a coluna Saúde e Bem-Estar da Folha de Pernambuco

O verão estimula as pessoas, tanto mulheres como homens, a andarem mais à vontade. Essas pessoas, muitas vezes, são impulsionadas a aderirem a projetos prometendo emagrecimento rápido e dietas da moda.  Tudo em prol de uma exposição do corpo sem limites.  Esse tipo de questão leva à reflexão: “o projeto deve ser apenas no verão ou para a vida?”. Afinal, mesmo em época de pandemia tem gente que teima em aglomerar e tirar aquela foto que vai para as redes sociais, seja na praia ou piscina. 

Claro, que para a saúde sustentável devemos pensar em longo prazo, respeitando o processo, a individualidade biológica e o próprio limite do corpo. Por exemplo, alimentação e atividades físicas devem manter um equilíbrio durante todo ano. Portanto, a busca por saúde não recorre à estação climática. 

Para quem deseja adquirir mais massa magra e ter menos gordura corporal, consequentemente, diminuindo o índice de obesidade no Brasil, é preciso ter um cardápio equilibrado com gorduras boas, proteínas, carboidratos e fibras, além de tomar, no mínimo, 2 litros de água por dia. 

Confira algumas dicas para uma alimentação saudável para o verão:

-Não pular as refeições;
-Beber pelo menos 2 litros de água por dia;
-Aumentar o consumo de proteínas e diminuir carboidratos, gorduras saturadas, açúcar, sal, refinados e embutidos;
-Preferencialmente utilizar grãos integrais;
-Comer frutas, verduras e legumes;
-Assar e grelhar no lugar da fritar. 

Oleaginosas e frutas secas são fáceis de transportar e devem estar sempre às mãos para comer. Evitar petiscos calóricos como frituras, salgadinhos e porções diversas. Evitar também o álcool, pois aumenta a gordura abdominal, celulites, flacidez e leva ao envelhecimento precoce.

O alinhamento da alimentação rica em proteína e a musculação é essencial para aquisição de massa magra, desenvolvimento e definição muscular. A batata doce, ovos e o peito de franco ajudam no processo de reconstrução muscular.  

Portanto, cuide-se no verão e durante todo o ano!

Busque a sua melhor versão!

Saúde e Bem-estar em Pílulas

Saúde Mental I – Os momentos de higiene mental são importantes para concentração do indivíduo e redução da ansiedade. "Atividades de lazer, que despertem prazer e necessidade de concentração para sua execução, como jardinagem, artes plásticas, xadrez, dentre outras, são formas de aumentar a concentração no presente e, consequentemente, reduzir sintomas ansiosos", revela o médico residente em psiquiatria, Daniell Lafayette

Saúde Mental II – Um dado importante! O gerente geral da unidade Tamarineira, do Home Center Ferreira Costa, zona norte do Recife, Geildo Teixeira, informa que durante este período de flexibilização do isolamento social, os itens de jardinagem tiveram um aumento de 15% na procura por parte dos consumidores. “As pessoas sempre relatam com nossos vendedores que o contato com a natureza, mesmo em pequenos ambientes, é relaxante, além de se desligarem, mesmo por um momento, de notícias ruins e negativas, pois, a pandemia é um momento tenso e encontram na jardinagem uma válvula de escape”, diz.  


Atividades significativas, como a jardinagem, mesmo em pequenos ambientes, ajudam na saúde mental, principalmente neste período de pandemiaAtividades significativas, como a jardinagem, mesmo em pequenos ambientes, ajudam na saúde mental, principalmente neste período de pandemia - Foto: A Lojinha Estúdio

Saúde Mental III – A campanha Janeiro Branco: conscientização da saúde mental tem como tema, neste ano, “todo cuidado conta?”, um pacto com a sociedade em torno das questões que envolvem a problemática. Portanto, cuidar da saúde mental é cuidar da vida. Dedicar-se a atividades significativas, como a jardinagem e jogos de tabuleiros, ajudam nos processos de foco e concentração. 

Palavra do Especialista 

Atividades para os idosos nos meses de férias

Ada Salvetti

A Terapeuta Ocupacional Ada Salvetti reforça que é importante o idoso, empregado ou aposentado, manter um período de férias ou recesso - Foto: Digital Fisher MED

Janeiro é tradicionalmente um mês de férias. O idoso que tem vínculo empregatício deve estar refletindo se deve gozar suas férias durante uma pandemia. A rotina doméstica, a dinâmica de trabalho e as relações interpessoais sofreram um grande impacto no nosso contexto atual. E então ouso a dizer que é um ótimo momento para tirar férias. E ainda, mesmo para aqueles que não possuem vínculo empregatício, uma pausa será muito bem-vinda. 
Isso não significa que se deve sair viajando e esquecendo-se dos cuidados de prevenção ao COVID-19.

 É possível apreciar momentos de lazer e quebrar a rotina dentro de casa. Você pode:

-Dedicar-se a um livro, a um filme ou seriado; 
-Realizar atividades em família;
-Rever fotos de viagens e planejar a próxima;
-Fazer algo diferente na cozinha;-Cuidar da saúde mental, aliviar o estresse e estar em família, ajudará também sua saúde física e cognitiva, equilibrando sua vida produtiva e pessoal.

Não é necessário fazer isso o mês inteiro. Permita-se uma pausa de alguns dias ou talvez um final de semana prolongado. Garanto que irá reenergizar-se e repercutirá positivamente nas atividades do seu cotidiano. 

Ada Salvetti é Terapeuta Ocupacional do Serviço de Geriatria e Reabilitação - SERGERE
Crefito/PE: 10342-TO
@sergere.recife

Veja também

Lumena recebe 61,31% dos votos e tem jornada interrompida no BBB 21
BBB 21

Lumena recebe 61,31% dos votos e tem jornada interrompida no BBB 21

Familiares autorizam holograma e voz artificial de Dinho dos Mamonas Assassinas
MAMONAS ASSASSINAS

Familiares autorizam holograma e voz artificial de Dinho