Coloque mais vegetais na sua alimentação

Alimentação Saudável - Pixabay

Olá, leitores e internautas que acompanham a coluna Saúde e Bem-Estar da Folha de Pernambuco

A pandemia do coronavírus colocou ainda mais em evidência a questão da imunidade, principalmente em relação de hábitos de vida saudáveis, como: ter alimentação balanceada e praticar exercícios físicos. A alimentação saudável é importante para o sistema imunológico e faz diferença na prevenção e durante o tratamento de várias doenças. Eu sempre reforço aqui para comermos alimentos de verdade. Vamos descascar mais e desembrulhar menos.

Agora, neste período de aumento do calor, vamos consumir mais frutas cítricas: laranja, abacaxi e limão são as preferidas do gosto popular. Tem gente que passa limão nas axilas para combater o mau odor e se expõe ao sol. Esse hábito pode manchar a pele. Portanto, muito cuidado. Prefira comer a fruta com o bagaço no lugar do suco. São mais fibras no organismo e nosso intestino agradece.

A cebola é destaque para o sistema imunológico. A cebola pode ajudar na redução de alguns tipos de câncer, combatendo a formação de nitrosaminas, que são carcinógenos que se ligam ao DNA. Os compostos sulfurosos e os flavonoides na cebola podem bloquear o potencial cancerígeno de alguns carcinogênicos. Um estudo chinês relatou que homens que comiam pelo menos uma colher de sopa de cebola picada e outros vegetais relacionados (como alho, cebolinha e alho-poró) por dia tinham aproximadamente metade do risco de desenvolver câncer de próstata em comparação com homens que comiam menos de 1/4 de colher de sopa (4 ml) desses vegetais diariamente. (Fonte: Seleções)

Já o tomate é rico em licopeno, remove radicais livres do organismo - compostos que aceleram o envelhecimento celular propiciando o organismo a desenvolver doenças. Vamos deixar o prato ainda mais colorido? Além da cebola e do tomate, consuma brócolis, espinafre, couve e pimentão: ricos em vitamina C e antioxidantes. As folhagens verdes ainda possuem ácido fólico, auxiliando na formação de glóbulos brancos, neste sentido, aumentando a defesa do sistema imunológico.

Vamos começar a semana com a meta de comer, no mínimo, 5 vegetais por dia?

Busque a sua melhor versão!

Saúde em Pílulas

Doação - O Lions Caruaru realizou a doação de duas cadeiras de rodas para o Hemocentro Regional da cidade - Hemope. Segundo a direção do hemocentro, as cadeiras serão utilizadas em dois ambientes, no Ambulatório Especializado de Hematologia e no Serviço de Coleta de Sangue de doadores.

Ortodontia - O cirurgião dentista Leonardo Brasil fez especialização na área de estética bucal e se tornou, recentemente, o primeiro dentista de Pernambuco a ganhar selo Emerald da Empresa global Aligntecnolgy. Em tempo: na ortodontia alinhadores invisíveis se tornaram tendência.

Atualização - Pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada semana passada com dados da PNS (Pesquisa Nacional de Saúde 2019) mostra que 95,9 milhões de brasileiros - acima de 18 anos - estão com excesso de peso, sendo que 41,2 milhões deles são considerados obesos.


 Preconceito - A psoríase é uma doença inflamatória que faz com que as células da pele se multipliquem aceleradamente. O processo que demoraria cerca de um mês para acontecer, em pacientes psoriásicos, leva poucos dias. “O que as pessoas muitas vezes não sabem é que como esse é um processo do sistema imunológico do paciente, as lesões não são contagiosas", esclarece o dermatologista Ricardo Romiti. Infelizmente, há ainda muito preconceito em relação à doença.

A Palavra do Especialista

Psicóloga Vânia PortelaPsicóloga Vânia Portela

Como os idosos estão lidando com a depressão?

Depressão não é privilégio da idade. Existem idosos felizes, realizados e crianças, adolescentes e jovens depressivos. Depressão é uma doença da alma, que se utiliza do corpo para mostrar suas insatisfações diante da vida.

Depressão sugere queda, baixo funcionamento, rebaixamento da energia de vida. Pode ter causas orgânicas, bioquímicas, sociais e emocionais.  William Moulton Marston – PHD em Psicologia - dizia que “nossos estados fisiológicos estão estreitamente ligados ao nosso comportamento. Emoções normais são as que resultam em prazer e harmonia e não as que produzem um esmagamento de nós mesmos, provocados pelo ambiente.”

A depressão pode aparecer disfarçada em outras doenças, o que nos confunde e adia o tratamento. Dores pelo corpo, falta de apetite, insônia, perda de energia, de força de vontade para as tarefas do dia-dia. Tendência ao isolamento e a apatia são sinais de alerta para a identificação da doença.

A agressividade e crítica constante podem ser sintoma de depressão. Tristeza, angústia, crises de choro, podem vir juntos, mas, no quadro de depressão no idoso, isso é menos constante. Ninguém se deprime sem uma boa razão. Há pessoas mais suscetíveis a um quadro depressivo e outras a momentos de depressão. A forma como nos comportamos ao longo da vida sugere como lidaremos com esta doença da alma, na 3ª idade.

Pessoas controladoras, que buscaram liderar sempre, tiveram disposição física e não se submetem, são mais sujeitos à depressão quando a idade, alguma doença ou acidente, tolhem sua capacidade de agir. Se não optarem pela rebeldia ou agressividade, sua natural força de vontade a fará perceber que tem muito ainda a fazer para ser feliz. Christopher Reeve (Super-Homem) é um exemplo disso.

Pessoas mais ágeis, entusiasmadas, leves, comunicativas, com capacidade de motivar pessoas, podem ter momentos depressivos, mas não são candidatas à uma depressão que se instala. Sua capacidade de adaptação buscará novas formas de superar a situação. Lucinha Araújo, mãe de Cazuza, encontrou na ação social sua redenção.

Tendem a maior depressão, aqueles que prestam muita atenção a si mesmo ao invés de olhar para fora. Pensamentos bitolados e pensar excessivo aumentam o sofrimento e desmotivam a participar da vida. Encontrar formas de expressar o que lhe vai na alma elabora os sentimentos e vence a depressão. Chopin fez isto ao compor sua Marcha Fúnebre onde no final, traduz o triunfo do homem sobre as mágoas terrestres, conseguindo superar o próprio temperamento.

Os que olham com satisfação para o mundo como observadores, mas não se sentem motivados a participar, tendem a viver na fantasia, falar pouco e aguentar muita coisa calado. Esta introspecção e falta de atitude terminam minando a autoestima e gerando depressão.

O idoso teve mais experiências de vida, uma carga maior de sofrimento, de perdas, de danos físicos e emocionais. Só que neste pacote deveria estar trazendo agora a sabedoria que vem do conhecimento experimentado, avaliado e comportamentos realinhados. Se não está sabendo lidar e se adaptar ao seu momento de vida atual, o que não é nenhuma vergonha, busque a ajuda de profissionais especializados. Lembre-se, até o Super-Homem fez isso!

Vânia Portela – Psicóloga Clínica, Consultora de Empresas na área comportamental.
CRP: 02/1259
@vaniaportelapsicologa

Veja também

'Merece nossa gratidão eterna', diz Infantino sobre Maradona
Luto

'Merece nossa gratidão eterna', diz Infantino sobre Maradona

TSE nega que haja multa para justificativa de ausência via aplicativo
eleições

TSE nega que haja multa para justificativa de ausência via aplicativo