A-A+

Conheça os benefícios do nutriente colina, encontrado no ovo

Ovo tem colina, substância importante para o sistema nervoso - Canva

Olá, internautas que acompanham a coluna Saúde e Bem-estar

Ovo é o segundo alimento mais nutritivo que existe. Só perdendo para o leite materno. Um dos nutrientes do ovo é a colina, vitamina pertencente ao complexo B e que tem papel importante para que o organismo funcione bem. A colina é vitamina integrante dos fosfolipídios, estruturas essenciais na composição de membranas celulares e da fosfatidilcolina, também faz parte dessas membranas. Atua na sinalização celular, no metabolismo e no transporte de lipoproteínas, o nutriente auxilia na formação da esfingomielina, substância que forma a bainha de mielina, uma composição importantíssima que envolve o neurônio e fundamental para a transmissão de impulsos nervosos. O nutriente também é precursor da acetilcolina, o neurotransmissor responsável pela manutenção da memória em pessoas com idades avançadas, controle da respiração, frequência cardíaca e atividades musculares.

DEMÊNCIA - Estudos de longo prazo demonstram que dietas ricas em colina geram satisfatórios resultados para funções do cérebro humano. Foram identificadas melhoras significativas em testes de memória e baixos índices de alterações cerebrais associadas à demência.

Dietas alimentares que incluem a vitamina, presente nos ovos, estão diretamente associadas ao aumento do foco em atividades intelectuais, como os estudos, e em maior animação e disposição para a prática de exercícios físicos. A colina é ainda matéria-prima para um composto químico muito saudável: a betaína, componente importante para o metabolismo de carbono e para a redução dos níveis de homocisteína no sangue. A descoberta foi muito importante, pois esta substância é um marcador inflamatório, relacionada a doenças cardiovasculares. A colina também tem papel importante para a saúde do fígado.

GESTANTES - Os benefícios do nutriente se estendem às gestantes. O aumento da ingestão da colina durante o período da gravidez reduz o risco de defeitos no fechamento do tubo neural, o que promove o desenvolvimento do hipocampo do feto. Isso diminui a possibilidade de bebês desenvolverem hipertensão e diabetes ao longo da vida adulta. O consumo de um a dois ovos por dia (126 a 250mg) melhora a ingestão da colina

-O ovo previne o envelhecimento precoce. ...
-A gema é supernutritiva. ...
-A clara é fonte de proteína pura. ...
-O ovo é aliado da pele, unhas e cabelo. ...
-O ovo dá saciedade.

O ovo é fonte de proteína. Não pode faltar no cardápio. Coma ovo de todo jeito: cozido, mexido, frito com um pouquinho de água para não grudar na frigideira. O conserve na geladeira e lave antes de quebrá-lo. Também observe se não tem nenhuma rachadura na sua casca. Todo cuidado com a salmonela é pouco. 

Receita de panqueca que é super deliciosa:

1 ovo
1 banana amassada
1 colher pequena de chia

Misture tudo e asse em uma assadeira em fogo médio com um fio de óleo de coco. Asse dos dois lados. 

Pode colocar cacau e canela na massa 

Seja a sua melhor versão
Rafael Coelho

Saúde em Pílulas

Mestrado - Os interessados em “Educação para o Ensino na Área da Saúde” e “Psicologia da Saúde” têm a oportunidade de participar do processo seletivo para os cursos de mestrado da Faculdade Pernambucana de Saúde. Há vagas para as duas formações, com inscrições disponíveis até 8 de outubro, através do site da FPS.  São 30 vagas para cada curso. As formações contam com coordenações de Roberto da Silva Júnior e Leopoldo Barbosa, respectivamente.

Gravidez - Após os 35 anos, a reserva ovariana tende a diminuir, e a mulher pode apresentar dificuldade para engravidar espontaneamente. Contudo, ainda que biologicamente a idade seja um fator limitante, alguns recursos podem ser aliados, incluindo a ultrassonografia transvaginal. Fernanda Maranhão, obstetra e especialista em medicina fetal explica que esse acompanhamento ultrassonográfico da reserva ovariana analisa a quantidade de folículos imaturos no ovário. "A ultrassonografia para controle de ovulação também é uma opção, já que é possível avaliar o melhor período do ciclo menstrual para uma tentativa de concepção, podendo ser necessária a ajuda de medicamentos que estimulem a ovulação", esclarece. Fernanda ressalta ainda que também é possível acrescentar a ultrassonografia 3D utilizada independentemente da idade para investigação de malformações uterinas, bem como para avaliar alterações tais como pólipos e miomas. "Esses métodos são o diferencial no auxílio à concepção e ajudam a definir o tratamento adequado para quem está tentando engravidar", conclui Maranhão. 

Intestino - O câncer de intestino é o terceiro mais comum no Brasil, sendo responsável por 10% de todos os diagnósticos. Dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) apontam que o câncer colorretal é o terceiro mais frequente entre os homens, ficando atrás apenas do câncer de próstata e de pulmão. Já entre as mulheres, ele é o segundo mais incidente, perdendo apenas para o câncer de mama. O oncologista Eduardo Inojosa, da Multihemo Oncoclínicas, alerta para o mês de conscientização e também para os sintomas mais severos, como anemia, constipação ou diarreia sem causas aparentes, fraqueza, gases, cólicas abdominais e emagrecimento. Ele explica que o exame colonoscopia é a principal forma de diagnóstico e prevenção. “A maioria dos tumores no intestino aparecem a partir dos pólipos, que são lesões benignas, mas que podem evoluir e se tornar malignas com o passar dos anos, por isso é importante estar em dia com os exames”, explica. No Brasil, o Ministério da Saúde recomenda iniciar o rastreio do câncer de cólon e reto a partir dos 50 anos de idade.

Palavra do Especialista 

Abordagem integral da medicina é importante na prevenção de casos de suicídio

Medicina integralNa medicina integral o indivídio é visto de maneira holística - Foto: Canva

Cuidar do ser humano em seus aspectos físico, mental, emocional e espiritual, auxilia em seu processo de autoconhecimento, ajudando-o a entender seus problemas e buscar as soluções necessárias para seu bem-estar e felicidade. O suicídio é uma das principais causas de morte no mundo. Ciente de que se trata de um problema de saúde pública e que é preciso conscientizar a população a respeito do tema, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM), organiza nacionalmente, desde 2014, o Setembro Amarelo, o mês de prevenção a suicídios De acordo com informações da campanha, cerca de 97% dos casos de suicídio estão relacionados a transtornos mentais. 

Levando em conta que a depressão é uma dessas doenças que podem impulsionar alguém a tirar a própria vida. Na visão integral, considera-se o ser humano não apenas a partir de uma perspectiva física e mental, mas também emocional e espiritual. Esta abordagem holística, contemplando o ser humano em sua totalidade, auxilia no seu processo de autoconhecimento, o que o ajuda a entender seus problemas e buscar as soluções necessárias para seu bem-estar e felicidade. Como países nórdicos, por exemplo, em que as condições sociais são as melhores possíveis, apresentam altas taxas de suicídio? A explicação reside na falta de uma visão que transcenda a própria finitude. A medicina integrativa, ao focar também no aspecto espiritual, auxiliaria o indivíduo neste ponto. 

A pandemia de covid-19 certamente agravou em muitos a descrença em um sentido maior da existência. Nós somos animais gregários, relacionais e a pandemia nos isolou. É normal então que as pessoas, ao perder a rede de apoio social, tenham ficado mais vulneráveis a desenvolver quadros depressivos, a perder o significado da vida e certamente isso pode levar a um risco de suicídio maior.

Para lutar contra essa apatia é preciso encontrar formas de reconstruir as relações sociais. Neste sentido, familiares e amigos devem estar em contato sempre, minimizando a falta do contato físico com encontros virtuais. Em relação à importância da família para prevenir e lidar com casos de suicídio, recomenda-se que os entes familiares evitem lidar com o assunto como se fosse algo proibido, o que pode ser muito comum de ocorrer, já que tirar a própria vida é considerado um tabu social. Ao agir dessa forma, evitando discutir o problema, os familiares podem dificultar a identificação de um potencial suicida, contribuindo para o não salvamento de uma vida.

Outro aspecto que pode acarretar transtornos mentais que, por sua vez, podem levar ao suicídio, é uma rotina de trabalho estressante, caracterizada por muitas horas trabalhadas e pela pressão por resultados. A tensão do trabalho, sem um motivo, sem um significado maior, certamente é um fato agravante e desencadeante de quadros depressivos. Esta é uma questão delicada e complexa, considerando que o trabalho preenche na atualidade uma grande parte da vida humana em sociedade. Assim, é preciso encontrar maneiras de tornar o ambiente do labor um local saudável. Tanto que para as grandes empresas, a saúde mental de seus colaboradores já é um grande fator de preocupação, constando em políticas e diretrizes corporativas.

O fato é que na maioria das vezes não é fácil identificar se uma pessoa tem intenções de tirar a própria vida, mas há alguns indícios, como um quadro depressivo muito forte. Se um ente familiar, amigo ou colega de trabalho, perceber que determinada pessoa mudou drasticamente os padrões de comportamento dela, parecendo não sentir nenhum prazer em atividades que antes costumavam ser agradáveis, é hora de se ter uma conversa séria com ela, recomendando que procure ajuda profissional.

A pessoa que começa a ter pensamento intrusivos, suicidas, ela precisa procurar ajuda psiquiátrica. Para quadros mais graves, os medicamentos psiquiátricos costumam ser muito eficazes.

Frederico Porto é médico psiquiatra
@drfredericoporto

 

Veja também

Náutico divulga protocolo para o torcedor que for ao jogo contra o CRB, na Arena
Náutico

Náutico divulga protocolo para o torcedor que for ao jogo contra o CRB, na Arena

Classificados definidos: veja como ficaram os grupos do quadrangular de acesso da Série C
Série C

Classificados definidos: veja como ficaram os grupos do quadrangular de acesso da Série C