Obesidade contribui para baixar a imunidade do organismo

Obesidade é fator de risco para várias doenças - Canva

Olá, leitores da coluna Saúde e Bem-estar da Folha de Pernambuco

A obesidade é uma doença crônica, inflamatória e tem alta morbimortalidade. Não é simplesmente uma condição comportamental, podendo, inclusive, intervir diretamente na imunidade, por exemplo. Ela é fator de risco para outras patologias, como hipertensão, diabetes, colesterol alto, varizes, apneia do sono, gordura no fígado e alguns tipos de câncer. A obesidade pode influenciar na inflamação do corpo e a baixar a imunidade, assim como alterar a resposta rápida dos glóbulos brancos em lutar contra diversas infecções. 

O que é uma comorbidade?

Comorbidade é a junção de duas ou mais doenças em um mesmo indivíduo. Por exemplo, se uma pessoa tiver hipertensão (pressão alta) e um problema endócrino, como o diabetes, ela tem patologias associadas, ou seja, ela tem comorbidades. 
Existem grupos e faixas etárias que podem mais facilmente ser acometidos por mais de uma doença. Os idosos são exemplos disso. Um idoso que tem somente hipertensão, fala-se em doença de base. Quando ele é diagnosticado com Alzheimer, por exemplo, pergunta-se: o idoso tem pressão alta? Então, a doença base é a hipertensão arterial e ele tem a comorbidade Alzheimer.

A obesidade também pode interferir no sistema imunológico dos indivíduos, independentemente da idade.  Aquela pessoa que tem doença de base está mais sujeita a ter um sistema imunológico mais frágil, em especial de mais de 65 anos. Portanto, temos que tratar a doença base e as suas possíveis comorbidades

Obesidade - Para uma pessoa ser considerada obesa, o seu índice de massa corporal deve ser calculado. De uma forma geral, o critério que a Organização Mundial da Saúde recomenda e o que mais utilizamos para classificar o estado nutricional do indivíduo é o IMC [Índice de Massa Corporal]. Esse índice é calculado da seguinte forma: peso [em kg] dividido pela altura² [em metros]. Uma pessoa é classificada com excesso de peso (sobrepeso) se este IMC é igual ou superior a 25 kg/m² e classificada com obesidade quando o IMC é igual ou superior a 30 kg/m²”. Porém, existem outros critérios mais específicos para diagnóstico como o percentual de gordura corporal e a massa de gordura corporal, que são realizados por antropometria ou bioimpedância.

Obesidade mórbida - é uma forma de acúmulo excessivo de gordura no corpo, caracterizada pelo IMC maior ou igual a 40 kg/m². Esta forma de obesidade é também classificada como grau 3, que é a mais grave, pois, neste nível, o excesso de peso coloca em risco a saúde e tende a diminuir o tempo de vida.

O sobrepeso e a obesidade devem ser tratados corretamente contribuindo, assim, para uma melhor qualidade de vida.

Seja a sua melhor versão

SAÚDE EM PÍLULAS 

Saúde ocular e sono - Não é novidade que o sono é vital para a saúde. Afinal, ao adormecer o organismo realiza uma série de funções essenciais para o bom funcionamento do corpo, fortalecendo ainda o sistema imunológico tão importante neste período de pandemia. Com a visão não é diferente. “Quando não dormimos bem é comum termos dor de cabeça, cansaço visual e olhos vermelhos. Por isso, a privação do sono pode prejudicar a saúde dos olhos”, alerta a oftalmologista Marília Medeiros, especialista em catarata, refrativa e córnea, no Instituto de Olhos do Recife (IOR).

Novo setor - O Hospital de Olhos de Pernambuco (HOPE) inaugura novo departamento exclusivo para atendimento de bebês na Ilha do Leite. O espaço conta com consultórios, triagem, salas para o teste do olhinho, da orelhinha e da linguinha, sala de amamentação e uma equipe composta por otorrinolaringologistas e oftalmologistas.

Dia das Mães: jardinagem é uma estratégia de concentração no tempo presente, diz médico 

Jarnagem contribui para o bem-estarJardinagem contribui para o bem-estar em época de isolamento socail - Foto: Canva

O Dia das Mães será mais uma vez de distanciamento social por causa da pandemia da COVID-19. Como as mães estão mais tempo em casa, principalmente as idosas, há uma tendência dos filhos de presentearem suas mamães com elementos que lembrem cuidado e cultivo. É o caso da jardinagem, que não é mais apenas um hobby, porém, uma terapia. O médico residente em psiquiatria do Hospital das Clínicas, Daniell de Siqueira Araújo Lafayette, explica que as atividades monótonas, que exigem plena atenção em realizá-las, podem ser uma ótima estratégia em concentração no presente. “Esse benefício pode ser aplicado para redução dos sintomas de ansiedade e reduzir preocupações com o futuro. A jardinagem pode ser feita como uma forma isolada e/ou realizada com todos os familiares, dividindo tarefas e mostrando uma atividade compartilhada, que precisa de disciplina, paciência e aprendizados. O respeito às plantas pode ser uma filosofia a ser aplicada na vida, não apenas pelas mulheres", diz. O comércio aderiu ainda mais este ano aos acessórios para jardinagem e hortaterapia, como jarros, pás, tesouras, jarros, adubos, mangueiras de irrigação. O gerente geral do Home Center Ferreira Costa, Sosthenes Cavalcanti Portela, informa que, durante a pandemia, aumentou a procura por itens de jardinagem. Agora, com a proximidade do dia dedicado às mães, o setor continua aquecido. São os filhos demonstrando o afeto através de artigos que possibilitem bem-estar mental. “Cultivar plantas, flores e hortaliças é uma opção para aliviar o estresse da pandemia”, informa. O gerente ainda diz que o setor de decoração também tem sido bastante procurado pelos consumidores. 

OPINIÃO – PALAVRA DO ESPECIALISTA 

Os perigos da rinite gestacional

Milena Wanderley é médica otorrinolaringologistaMédica Milena Wanderley: “Cerca de 30% das mulheres podem apresentar a doença durante a gestação” - Foto: Divulgação

Na gravidez é observado modificações no corpo da mulher decorrentes de alterações hormonais presentes durante os nove meses de gestação. A exemplo, temos a rinite gestacional, que se caracteriza por obstrução nasal nas últimas seis ou mais semanas de gestação e tem sua resolução completa em poucos dias após o parto.

A rinite gestacional é uma condição relativamente comum, já que pode atingir 30% das gestantes, mas ainda é pouco discutida. “A doença vem ganhando importância nos últimos anos, devido aos estudos mostrarem sua associação com roncos, síndrome de apneia obstrutiva do sono, hipertensão gestacional, pré-eclampsia, retardo de crescimento intrauterino.

É importante diferenciar a rinite “durante a gestação” da rinite gestacional propriamente dita. A rinite durante a gestação é uma entidade que inclui todos tipos de rinite - alérgica, medicamentosa, entre outras -, as quais estariam presentes antes, durante e após a gestação. Já a rinite gestacional, é definida como obstrução nasal que não estava presente antes da gravidez, ocorrendo tipicamente no segundo ou terceiro trimestre de gestação, com duração igual ou superior a seis semanas, sem outros sinais de causas alérgicas ou infecciosas das vias aéreas superiores e com resolução completa dos sintomas em até duas semanas após o parto.

O diagnóstico é clínico e tem como principal diferencial a rinite alérgica. Enquanto na rinite gestacional o principal sintoma é o nariz entupido - não presente antes da gestação -, na rinite alérgica observamos coriza, espirros, coceira no nariz, além da congestão. Nesses casos, a gestante deve evitar o uso de qualquer medicação sem prescrição médica, por causa dos riscos de malformações fetais, principalmente, nos três primeiros meses de gestação.

Para minimizar os sintomas, é recomentado exercícios físicos, elevação da cabeceira da cama em 30 a 40 graus, além da lavagem nasal com soro fisiológico. O uso de medicações para qualquer tipo de rinite deve ser sempre avaliado de forma individualizada para cada paciente pelo seu otorrino e obstetra. Gotas nasais descongestionantes devem ser evitadas, pois podem causar rinite medicamentosa e ainda prejudicar a saúde do bebê.

Milena Wanderley é médica otorrinolaringologista do Núcleo de Rinite
CRM/PE: 16124
RQE: 4881
@nucleoderinite

Veja também

Procon-PE impede festa com mais de 400 pessoas em Jaboatão dos Guararapes
Pandemia

Procon-PE impede festa com mais de 400 pessoas em Jaboatão

Chile conclui eleição histórica em busca de maior equidade com uma nova Constituição
AMÉRICA LATINA

Chile conclui eleição histórica em busca de uma nova Constituição