Sociedade Brasileira de Mastologia lança campanha de rotina saudável para as mulheres

Atividade física é um dos pilares - Pixabay

Olá, leitores e internautas que acompanham a coluna Saúde e Bem-Estar da Folha de Pernambuco

Neste Outubro Rosa 2020, a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) lançou o movimento de conscientização QUANTO ANTES MELHOR. A ideia é chamar a atenção das mulheres para a adoção de um estilo de vida saudável no dia a dia, com a prática de atividades físicas e boa alimentação para evitar doenças, entre elas, o câncer de mama. A SBM quer reforçar que há muita vida após o câncer de mama e que o cuidado com a saúde feminina deve ser olhado com atenção, principalmente neste momento em que o rastreamento e o tratamento foram prejudicados e ainda estão sendo retomados por conta da pandemia de Covid-19. Diversos estudos revelam que o sobrepeso e a obesidade, além da falta de atividades físicas no dia a dia, aumentam os riscos para câncer de mama e ainda proporcionam uma má qualidade de vida para quem está em tratamento. O alerta é para QUANTO ANTES mudar o estilo de vida MELHOR para a saúde e, desta forma, evitar que novos casos de câncer de mama ocorram.

 DICAS DE HÁBITOS IDEAIS PARA UMA ROTINA SAUDÁVEL:

-Alimente-se bem e não fique muito tempo sem comer, ou seja, prefira comer de três em três horas, em pequenas quantidades, sempre priorizando os alimentos naturais e evitando os alimentos industrializados;
-Evite o excesso de gorduras e carboidratos simples, como açúcar adicionado aos alimentos, doces, sucos de caixinha ou saquinho, refrigerantes, pão branco, macarrão, sempre preferindo as opções integrais;
-Procure ingerir proteínas de boa qualidade, principalmente frutas, legumes e verduras por serem fontes de vitaminas e minerais essenciais e ricas em fibras que ajudam na saciedade e no funcionamento adequado do intestino;
-Pratique exercícios físicos durante a semana. O ideal são 150 minutos de atividades físicas moderadas  ou 75 minutos de atividades vigorosas divididas pelos dias da semana;
-Planeje o seu dia alimentar e tente segui-lo.

FONTE: Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM)

Busque a sua melhor versão!

Saúde em Pílulas

#PorUmaCausaRosa -  O Lucilo Maranhão Diagnósticos reuniu forças e lançou a campanha Por Uma Causa Rosa. Composta por uma verdadeira rede de conexão do bem, entre pessoas físicas e jurídicas, a campanha promoverá diversas ações com o intuito de reverter verba para o IMIP e CasaRosa. “Engajamos diversos parceiros, podendo assim reunir forças em prol de um objetivo único: a solidariedade às instituições que são apoio na luta do câncer de mama. Com essa ação, esperamos não apenas apoiar às beneficiadas, mas também conscientizar sobre a detecção precoce por meio do engajamento”, afirma Beatriz Maranhão, médica radiologista mamária.

Agroecologia – Foi inaugurada uma feira de produtos agroecológicos na loja Home Center Ferreira Costa da Imbiribeira. A feira acontece todas as quartas-feiras. No local, o público encontrará produtos de primeira qualidade sem insumos químicos, como inseticidas ou adubos artificiais, e semeados respeitando as questões sociais, ambientais e culturais do local de cultivo. Horário: 08h às 11h. Vamos cultivar a qualidade de vida.

Saúde da Mulher - Mês dedicado a Saúde da Mulher também alerta para o Câncer de colo de útero. O tumor é um dos tipos que mais mata no Brasil. Para evitar, o exame preventivo é uma das principais maneiras de prevenir a doença. “Também não podemos esquecer que trata-se de uma infecção sexualmente transmissível, portanto, um cuidado fundamental é o uso de preservativo durante as relações sexuais” , afirma o cirurgião oncológico do Real Instituto de Cirurgia Oncológica, Jerônimo Assis.

Metástase Ocular - Poucas pessoas sabem, porém, o Câncer de Mama também pode causar metástases oculares. “As células cancerígenas que correm por meio da corrente sanguínea podem ser provenientes de outro tumor pré-existente. É muito comum que pacientes com cânceres de mama, pulmão ou próstata também relatem problemas em outros órgãos, incluindo os olhos” explica Cecilia Cavalcanti, oftalmologista da HOPE. É importante ressaltar a realização dos exames de mamografia e fundo de olho para mulheres a partir dos 39 anos ou aquelas que apresentam histórico da doença na família. “De forma geral, o diagnóstico precoce torna o tratamento mais fácil, aumentando os índices de cura e diminuindo as sequelas” finaliza Cecília Cavalcanti.

Luto – 2020 tem sido um ano triste para a medicina pernambucana. Médicos renomados faleceram. Semana passada nos deixou o oftalmologista Roberto Galvão, referência na medicina pernambucana, que construiu uma relação de carinho e cuidado com os seus pacientes, em mais de 50 anos no exercício da oftalmologia. O médico Roberto Galvão foi o fundador do Instituto de Olhos de Recife– IOR, além de estudioso no tratamento e divulgação do glaucoma.
 

A Palavra do Especialista

Outubro: atenção e cuidado com a saúde da mulher

Dimas Antunes, urologistaDimas Antunes, urologista

Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), a incontinência urinária pode atingir até 72% das mulheres no mundo, causando desconforto físico e emocional, já que, em muitos casos, afeta o convívio social. Fatores de risco, como idade, diabetes, obesidade, constipação e bexiga hiperativa, podem desencadear a condição. A infecção urinária também demanda atenção. Nas mulheres, pode ocorrer com mais frequência devido ao curto canal que liga à bexiga, permitindo que as bactérias cheguem mais rápido ao órgão e causando grande desconforto. Ardor ou dor ao urinar, sangramento e vontade constante de esvaziar a bexiga são sintomas que merecem atenção, sobretudo quando se complica e infecciona os rins. Ele ainda esclarece que essa condição, chamada pielonefrite, precisa de rápido atendimento, pois as bactérias podem se espalhar pela corrente sanguínea, podendo inclusive ocasionar uma infecção generalizada. Também temos a cistocele. Popularmente conhecida como bexiga baixa, tem maior incidência em mulheres na faixa etária dos 40 anos. Costuma ocorrer quando a musculatura do assoalho pélvico está enfraquecida devido a fatores como muitas gestações, obesidade, alterações hormonais e predisposição genética. Incontinência urinária, pressão na vagina, constipação e incômodos durante a relação sexual são sintomas que devem ser investigados, já que em casos graves pode ser necessária uma intervenção cirúrgica. Reforça-se a importância de prestar atenção aos sinais que o corpo dá e não hesitar em agendar uma consulta caso perceba que há algo errado.

Dimas Antunes é médico urologista

CRM/PE: 17.236

 @dr.dimasantunes

Veja também

Pernambuco mantém menor índice de mortalidade infantil do Nordeste
População

Pernambuco mantém menor índice de mortalidade infantil do Nordeste

Repórter chora ao vivo no Bom Dia SP durante cobertura da tragédia em Taguaí
Tragédia

Repórter chora ao vivo no Bom Dia SP durante cobertura da tragédia em Taguaí