Aplicativo CRIS é o vencedor do HACK.GOV.PE 2021

Aplicativo CRIS, vencedor do HACK.GOV.PE 2021 - Governo de Pernambuco/Divulgação

Chegou ao fim o HACK.GOV.PE 2021, maratona de programação promovida pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) e a Usina Pernambucana de Inovação. O Time 166, com o desenvolvimento do aplicativo CRIS. 

As equipes participantes precisaram desenvolver um aplicativo para mobile que atendesse o seguinte desafio: Como o Governo de Pernambuco pode promover o comportamento seguro no trânsito, de forma colaborativa e interativa com a população? 

No caso do CRIS, ao se cadastrar, o usuário terá acesso ao espaço de conhecimento com um conteúdo teórico sobre o trânsito brasileiro; um jogo de perguntas e respostas sobre conduta no trânsito e direção defensiva e um mapa de calor onde pontos de maior incidência de acidentes serão mostrados para o usuário. 

A proposta e o nome tiveram inspiração em São Cristóvão, padroeiro dos motoristas. Além disso, a cor amarela, escolhida para o app, também é uma referência ao "Maio Amarelo", movimento de conscientização no trânsito. 

Júlia Santana foi a representante do Time 166 responsável pela defesa da solução apresentada pelo aplicativo CRIS. Após o anúncio da vitória, Júlia agradeceu toda sua equipe e elogiou a iniciativa do Governo de Pernambuco. “A experiência foi incrível e sair daqui como equipe vencedora é muito bom. Inovação no setor público e eventos como esse não são uma coisa que a gente vê muito. Sou acadêmica de administração pública e este é um tema que sou muito entusiasta e acredito muito na inovação no setor público. O Governo do Estado de Pernambuco nos deu uma oportunidade muito boa e o CRIS agora é nosso filho”, afirmou Júlia.

52 pessoas participaram do Hackathon, divididas em 13 equipes. Três times chegaram à final: os responsáveis pelos aplicativos Capixatime e o Transitar foram os 2º e 3º colocados, respectivamente. O secretário Alexandre Rebêlo fez o anúncio da equipe vencedora. A cerimônia do julgamento final foi transmitida ao vivo pelos canais da Seplag e da Usina no YouTube.

“Finalizamos mais uma etapa de um processo que começou há mais de um ano. Uma iniciativa do Governo de Pernambuco de, através da inovação, tentar achar soluções para problemas do nosso dia-a-dia, problemas que afetam milhares de pessoas. Anunciamos a equipe vencedora e entramos na última etapa, que é implementar o aplicativo pelo Estado e colocá-lo no cotidiano das pessoas. Fico feliz de ver aqui gente de Pernambuco, de Santa Catarina, do Espírito Santo, do Paraná. Isto é uma prova que a gente pode se unir no Brasil para buscar soluções usando a tecnologia”, afirmou o secretário Alexandre Rebêlo. 

Newton Cerezini, diretor do Instituto de Gestão Pública de Pernambuco, órgão ligado à Seplag, elencou alguns pontos que fizeram do aplicativo CRIS o grande vencedor da maratona. “Muito legal a ideia de usar o nome CRIS associando a São Cristovão, padroeiro dos motoristas e viajantes, e a utilização da cor amarela se referindo ao mês de maio que é o mês da conscientização sobre segurança no trânsito”, disse Newton. “Interessante a utilização de um jogo como forma de conscientização e posterior gamificação dos usuários, inclusive com a possibilidade de associar com as provas teóricas do Detran. A parte do mapa de calor com as áreas de maior risco, integrado com o GPS e notificando o usuário quando ele está perto desta área, também foi uma ideia bem interessante”

O Time 166 ganhou R$ 10 mil e o aplicativo será implantado pelo Governo do Estado até o próximo dia 15 de abril. As outras duas equipes finalistas ganharam R$ 5 mil cada.

Veja também

Japão lançará no mar água tratada de Fukushima
Mundo

Japão lançará no mar água tratada de Fukushima

Telefonema provoca bate-boca e amplia desgaste de Bolsonaro em Poderes
Política

Telefonema provoca bate-boca e amplia desgaste de Bolsonaro em Poderes