A-A+

Conheça Astro, o robô inteligente da Amazon que segue usuário pela casa

Dispositivo foi criado para ajudar e acompanhar o usuário em tarefas simples do dia a dia

Usuário pode pedir ao robô que o acompanhe pela casa ou vá apenas para áreas determinadas - Amazon/Divulgação

A Amazon entrou definitivamente no mercado de robôs residenciais. Nesta terça-feira (28), em um evento especial, feito para mostrar seus novos dispositivos de Inteligência Artificial, a gigante de Jeff Bezos mostrou ao mundo Astro, um robô com Alexa integrada que pretende funcionar como uma verdadeira companhia doméstica. 

Não é de hoje que a Amazon investe na criação de máquinas para auxiliarem em tarefas como entregas de encomendas ou organização de armazéns com seus produtos. Mas o fato de Astro estar entre nós eleva o patamar de uso dessas máquinas para ambientes domésticos, trazendo soluções simples de monitoramento, em conjunto com habilidades presentes em outros dispositivos da marca graças à integração com Alexa. Basicamente, um Echo Show sobre rodas. 

“Finalmente o futuro dos Jetsons parece estar chegando aos nossos lares” é uma frase que pessoas com mais de 30 anos podem pensar ao assistir ao vídeo de lançamento do Astro. No desenho criado pela dupla de cartunistas Hanna-Barbera em 1962, a robôzinha Rose auxiliava os personagens da família em pequenas atividades, tal qual o produto da gigante se propõe a fazer. 

O que faz o Astro


De acordo com a Amazon, o dispositivo reúne novos avanços em inteligência artificial e conta com visão computacional, tecnologia de sensores e voz, além de computação de ponta em um pacote projetado para ser útil e conveniente em aplicações simples.

Ele pode ser usado para monitorar a casa, por exemplo, por conseguir se mover de forma autônoma, indo verificar áreas específicas e utilizando uma câmera periscópica embutida que se alonga para chegar a diferentes locais. As imagens são transmitidas ao vivo para o aplicativo da máquina e pode até mesmo enviar alertas se detectar uma pessoa não reconhecida entrando no ambiente.

Para ajudar na segurança, também pode detectar, com Alexa Guard, o som de um alarme de fumaça, alarme de monóxido de carbono ou vidro quebrando e enviar um alerta para o telefone do usuário. 

Além disso, há funções especiais para o cuidado com idosos. Com Alexa Together, membros da família podem configurar rotinas e receber alertas para lembrá-los de realizar determinadas atividades, entregar lembretes e ter acesso a uma linha de ajuda profissional para emergências, chamada Urgent Response.

Mais do que amigos, friends

Astro é o novo robô doméstico da Amazon


Uma das coisas que a Amazon pretende, além de oferecer utilidade para o produto, é criar uma conexão quase afetiva entre usuário e máquina. "Nos testes, ficamos emocionados com o número de pessoas que disseram que a personalidade do Astro fazia com que ele se sentisse parte de sua família e que sentiriam falta do dispositivo em sua casa depois que ele desaparecesse. Esse tipo de conexão é raro com produtos eletrônicos de consumo, mas esperamos que seja comum com o Astro e outros futuros robôs domésticos", disse a empresa em comunicado oficial.

Para que isso realmente funcione de forma satisfatória, o Astro conta com um recurso de visão computacional chamado ID visual, fazendo com que ele grave e reconheça membros da família para poder entregar lembretes, fazer videochamadas ou até mesmo encontrar alguém para entregar algum item colocado no compartimento de carga.

Por fim, uma tecnologia chamada Intelligent Motion dá mobilidade ao robô e usa localização e mapeamento simultâneos (SLAM) para ajudá-lo a entender onde está e navegar de forma autônoma. A Amazon também garante que é possível ensinar o robô quais os limites da casa em que ele pode circular, além de indicadores de gravação de vídeo ou áudio. 

Robô da Amazon conta com compartimento para levar objetos até as pessoas

Quanto custa ter um robô em casa
Segundo a Amazon, o Astro custará US$ 1.449,99 (cerca de R$ 7.870, em cotação atual). Inicialmente, estará disponível por US$ 999,99 (cerca de, R$ 5.427,55), com uma avaliação de seis meses da assinatura do Ring Protect Pro, serviço que permite que o robô monitore sua casa, inclusa. Para recebê-lo em casa, é preciso morar nos Estados Unidos e solicitar um convite. Visite no site da companhia.

Veja também

Israel detecta subvariante da cepa delta do coronavírus
Coronavírus

Israel detecta subvariante da cepa delta do coronavírus

Kim Kardashian paga R$ 128,5 milhões a ex-marido Kanye West por mansão
divórcio milionário

Kim Kardashian paga R$ 128,5 milhões a ex-marido Kanye West por mansão