Instagram anuncia novas ferramentas de segurança focando em adolescentes

Recursos anunciados por Mosseri incluem a possibilidade de excluir conteúdos em massa como fotos, vídeos, curtidas e comentários antigos - Pixabay

Leia Também

• Facebook Brasil é multado em mais de R$ 11 milhões por apagão em outubro

• Facebook lança políticas anti-assédio em meio a crise de reputação

• Foto com música, Stories de 60 segundos e outras novidades do Instagram

Nesta terça-feira (7), Adam Mosseri, chefe do Instagram, usou suas redes sociais para anunciar novas ferramentas de segurança para a plataforma. Entre as funções descritas pelo executivo, estão o “Take a break” ou “dar um tempo”, em tradução livre, para incentivar os usuários a tirar um tempo longe da rede social quando estiverem logados por tempo demais, além de novas opções de controle parental que devem chegar em 2022.

 

O que mais chama atenção no discurso de Mosseri são as novas ações voltadas ao monitoramento de adolescentes feito pelos pais ao usar a plataforma. Os pais e responsáveis poderão ver quanto tempo seus filhos passam no Instagram e definir limites de tempo, além de impedir que pessoas marquem ou mencionem adolescentes que não os seguem. 

De acordo com a publicação, haverá mais rigidez sobre o que o algoritmo recomenda aos jovens nas abas de Pesquisa, Explorar, assim como nas hashtags e contas sugeridas para eles. Outro ponto é avisar os adolescentes caso eles se concentrem em um tópico por um tempo.

Audiência com comitê do senado dos EUA
A postagem acontece em um momento oportuno, visto que o executivo deverá depor ao senado norte-americano esta semana, justamente, para falar sobre os documentos internos vazados pela ex-funcionária da Meta Frances Haugen, que mostraram que o Instagram estava ciente que seu serviço poderia agravar problemas de autoimagem em usuários adolescentes. 

Outros recursos 
Os outros recursos anunciados por Mosseri incluem a possibilidade de excluir conteúdos em massa como fotos, vídeos, curtidas e comentários antigos e o já anunciado Take a Break. 

Segundo o Instagram, apesar de a maioria das ferramentas estar disponível para todos, o foco da empresa está em melhorar a experiência dos jovens. Os primeiros resultados dos testes com o recurso para fazer uma pausa no uso da plataforma mostraram que mais de 90% dos adolescentes mantiveram o recurso ativado. Os primeiros países a serem lembrados de olhar para o outro lado são Estados Unidos, Reino Unido, Irlanda, Canadá, Nova Zelândia e Austrália, a partir desta terça. Outros locais terão que esperar até o início de 2022.

Veja também

Após pressão de usuários, Twitter anuncia novo recurso para combater Fake News no Brasil
FAKE NEWS

Após pressão de usuários, Twitter anuncia novo recurso para combater Fake News no Brasil

Chile anuncia mudanças no isolamento e gestão da pandemia por variante ômicronVariante ômicron

Chile anuncia mudanças no isolamento e gestão da pandemia por variante ômicron