Novo jogo de God of War é adiado para 2022

Novo God of War será lançado apenas em 2022 - PlayStation/Divulgação

Em uma entrevista realizada para o blog oficial do console da Sony, Herman Hulst, chefe do PlayStation Studios, revelou que o novo jogo de God of War será adiado para o ano que vem. A decisão foi tomada por conta das dificuldades encontradas na captação de performance para as cenas cinematográficas do game, uma vez que algumas delas precisam de atores reais e, não poderiam ser realizadas por conta da pandemia de Covid-19.

"Queremos produzir jogos de qualidade extremamente alta, jogos completos, e precisamos fazer isso, obviamente, sem levar nossas equipes ao ponto do colapso. [...] Nesses casos, algo tem que ceder. Esse algo não pode ser a qualidade dos nossos títulos, e com certeza não será a saúde ou o bem-estar da nossa incrível equipe", afirmou.

Leia também

F8 Refresh: conferência do Facebook traz novidades para perfis comerciais
Spotify lança 'Só Você' e cria playlists personalizadas com dados dos usuários
Brasil notifica mais de 95 mil novos casos da Covid-19; mortes passam de 467 mil

Ainda durante a sessão de perguntas e respostas Hulst revelou que, além de God of War,  Horizon Forbidden West, que já teve até mesmo o gameplay revelado, corre o risco de sofrer atrasos. Até o momento, o título - que deve chegar no final do ano - não teve a data de lançamento confirmada. 

“No momento, estamos desenvolvendo dois grandes jogos baseados em narrativa: Horizon Forbidden West e o próximo God of War. E nos dois casos, as equipes são afetadas em relação ao acesso para capturar performance e talentos. No caso do Horizon, acho que estamos dentro do cronograma para lançar nas festas de fim de ano. Mas ainda não é algo garantido, e estamos trabalhando muito para confirmar isso para vocês assim que possível”, explicou.

Cross-geração
Apesar das declarações sobre o lançamento dos jogos, nem tudo foi má notícia. Herman revelou que tanto o novo God of War, quanto Horizon e Gran Turismo 7 - os três anunciados para o PS5 - terão versões feitas para o PlayStation 4. Não dá para criar uma comunidade de mais de 110 milhões de proprietários de PS4 e simplesmente abandoná-los, não é? Acho que isso seria má notícia para os fãs do PS4, e sinceramente não seria bom para os negócios”, comentou.

Veja também

Louzer elogia Betinho e lamenta “distância” entre setores em derrota
Futebol

Louzer elogia Betinho e lamenta “distância” entre setores em derrota

Atlético-MG perde para o Ceará em noite de falhas de Everson
Futebol

Atlético-MG perde para o Ceará em noite de falhas de Everson