Novos programas incentivam o desenvolvimento de startups em Pernambuco

Acordos de cooperação irão incentivar programas voltados a startups em Pernambuco

Fomento de startups está no foco de ações lançadas recentemente - Pixabay/Reprodução

Destaque nacional por sua tendência inovadora, Pernambuco ganhou nos últimos dias importantes programas de incentivos para o desenvolvimento de startups. Firmados entre órgãos públicos e privados, dois importantes acordos deverão escalonar de forma significativa o setor. 

A primeira parceria foi pactuada entre o Sebrae Pernambuco e o Porto Digital e deverá atender startups em diferentes níveis de maturidade. Firmado durante a edição 2024 do Mangue.bit, um dos maiores eventos para startups do Estado, o termo de cooperação deverá possibilitar a realização de diversas ações entre hackathons, formações empreendedoras, pré-incubação, incubação e aceleração.

Programas
A parceria prevê a realização de 12 programas voltados para startups do Recife e de Caruaru. Na capital pernambucana serão executados hackathons focados em startups na fase de ideação. A previsão é de que os primeiros eventos sejam realizados a partir deste mês. 

Os participantes também poderão integrar o Empretec Startup, iniciativa criada para desenvolver suas habilidades empreendedoras. Outra opção será o Early Stage, programa de capacitação e mentoria que visa apoiar a validação de soluções e modelos de negócios. 

Já as startups que já tiverem produtos em validação no mercado poderão participar do Fast Motion e da incubação Sebraetec Negócios Inovadores. Em Caruaru, a proposta é organizar hackathons no Armazém da Criatividade, além de edições do Empretec Startup e do Early Stage. 

“Queremos preparar essas startups para que, no início do próximo ano, elas possam entrar no processo de incubação do Armazém da Criatividade. Nosso objetivo é fortalecer ainda mais o ecossistema do Porto Digital, que é uma referência internacional e um verdadeiro celeiro de negócios inovadores”, destacou Thiago Suruagy, gerente de Negócios Inovadores do Sebrae/PE. 

As startups interessadas em participar poderão se inscrever por meio do site do Porto Digital que está disponível no link: https://site.portodigital.org/startups

Setor público
Na capital pernambucana, outra parceria firmada entre a Prefeitura do Recife e a Advocacia-Geral da União também deverá fortalecer o setor por meio da implementação do Novo Marco Legal das Startups, criado para aprimorar o ambiente de empreendedorismo inovador no Brasil.

Por meio da parceria serão definidas diretrizes para promover e fortalecer a cultura da inovação no setor público. Com o novo acordo será incentivada a implementação de políticas e programas que incentivem a criatividade, a iniciativa e a resolução de problemas entre os colaboradores; desenvolver e aperfeiçoar políticas públicas e ambientes propícios à inovação.

Outro foco será na integração da inovação com o desenvolvimento sustentável. Dessa forma, será estimulada a concepção e a implementação de estratégias, projetos e iniciativas capazes de conciliar o progresso socioeconômico com a preservação ambiental e o uso racional dos recursos naturais.

"O Recife é a primeira capital do País a contratar soluções inovadoras, que promovem a competitividade das empresas utilizando o Marco Legal das Startups. Ao firmar este acordo trazemos ainda mais segurança jurídica para o processo. Entendemos a inovação aberta como uma forma de remodelar os meios de atuação de grandes serviços públicos, interagindo com a sociedade e promovendo desafios para problemas que não têm solução de mercado", informou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Recife, Rafael Figueiredo.

Veja também

STF volta a julgar a descriminalização do porte de maconha para uso pessoal
maconha

STF volta a julgar a descriminalização do porte de maconha para uso pessoal

Missa do Vaqueiro: Fundação vê "apagamento cultural" em nova nomenclatura prevista em projeto de lei
Missa do Vaqueiro

Missa do Vaqueiro: Fundação vê "apagamento cultural" em nova nomenclatura prevista em projeto de lei

Newsletter