Recife é a primeira capital a receber bicicletas compartilhadas da Uber

Parceria inédita da empresa com a Tembici vai disponibilizar bikes diretamente pelo aplicativo

Bike Tembici Itaú - Foto Divulgação cedida pela empresa

Bicicletas compartilhadas, comuns e elétricas, poderão ser solicitadas diretamente no aplicativo da Uber no Recife. A capital pernambucana é a primeira cidade brasileira a receber a parceria inédita na América Latina, entre a empresa responsável pelas viagens com a Tembici, que fornece acesso as - já conhecidas - "Bike Itaú". 

Marcada para começar a funcionar nas próximas semanas, a iniciativa permitirá que usuários da Uber vejam, diretamente no aplicativo, as estações de bicicletas Tembici e bike Itaú disponíveis na região. O usuário precisará comprar a viagem avulsa e poderá usar as formas de pagamento que tiver disponíveis no aplicativo. Segundo a Uber, uma viagem de 30 minutos será de R$ 3,90 - mesmo valor hoje cobrado pelo compartilhamento da Tembici atualmente em Pernambuco no serviço Bike Itaú.

Por enquanto, as bicicletas no aplicativo da Uber estarão disponíveis apenas no Recife, mas a empresa ressaltou que, em breve, a iniciativa será expandida para Brasília, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, e depois para as demais cidades na América Latina em que a Tembici atua.

Recife é a primeira capital a receber a pareria. Foto: Arthur de Souza/ Folha de Pernambuco

“Estamos felizes em utilizar o poder da plataforma da Uber para levar as bicicletas comuns e bicicletas elétricas compartilhadas da Tembici aos usuários da Uber na América Latina ao toque de um botão”, disse Annie Duvnjak, chefe global de Micromobilidade da Uber, em nota. 

Para ela, o ponto principal dessa parceria é o compromisso das empresas em reduzir a emissão de carbono no meio ambiente. “Essa parceria mostra o papel importante que as opções sem carro desempenham cada vez mais na estratégia da Uber para chegar a emissões zero de carbono, fornecendo aos usuários formas sustentáveis, acessíveis e convenientes para viajar”. Um dos objetivos da Uber é se tornar uma plataforma de mobilidade com emissão zero de carbono até 2040.

Segundo a Tembici, até o final de 2023, serão mais de 30 mil bicicletas na América Latina, incluindo mais de 10 mil elétricas, que poderão ser solicitadas.

“Essa iniciativa entre as duas empresas representa um passo fundamental para o desenvolvimento de soluções mais sustentáveis e eficientes de mobilidade nas cidades da América Latina”, ressalta Tomás Martins, CEO da Tembici. “Estamos muito contentes em continuar inovando no negócio de compartilhamento de bicicletas e muito felizes em sermos a primeira empresa que utiliza o modelo de estação de compartilhamento a disponibilizar bicicletas comuns e elétricas no app da Uber”.

Mesmo com a entrada do Uber, o serviço de bicicletas da Tembici continuará acessível no aplicativo próprio da empresa com o bike Itaú.

Veja também

Governo libera R$ 7,2 bilhões para comprar arroz importado
ARROZ

Governo libera R$ 7,2 bilhões para comprar arroz importado

Desaparecimento de criança pode ser comunicado antes de 24h; veja como
Segurança Pública

Desaparecimento de criança pode ser comunicado antes de 24h; veja como

Newsletter