Saiba o que muda com a chegada da tecnologia 5G ao Brasil

Tecnologia 5G - Pixabay

Já pensou em chegar a casa e abrir o portão da garagem e acender todas as luzes antes mesmo de entrar em sua casa? Ou então ligar a televisão no programa predileto e programar o ar-condicionado na temperatura ideal, tudo realizado por meio do celular? Essa é uma realidade não tão distante, que, embora já esteja presente em nossas vidas, a chegada do 5G promete revolucionar ainda mais o cotidiano das pessoas. Mas, de fato, o que essa tecnologia significa e como ela pode modificar nossas vidas?
 

Internet das coisas Internet das coisas | Foto: Pexels

De início, é preciso explicar que o número significa a versão da geração da internet móvel que estamos vivenciando. A letra ‘G’ vem da palavra geração. Quando há uma transição de uma geração, alguns aspectos são modificados, como a velocidade da rede, a estabilidade e também a latência. “De forma prática, o leilão 5G funciona assim: o governo fatia as ondas de telefonia e oferta no mercado para as telefônicas que podem ou não optar pela compra”, detalha o coordenador de Pesquisa e Cooperação do César School, Felipe Ferraz.

Após o leilão ser realizado e as frequências estarem disponíveis, a consequência após instalação de todo o aparato tecnológico é que a velocidade da internet 5G irá mudar para melhor. Mas não só isso. “Quando você está numa ligação e fica caindo, isso tem a ver com a estabilidade, que também será melhor. Sabe quando o vídeo que está assistindo e de repente fica com uma qualidade pior? Isso é a latência”, explica Ferraz.

De acordo com Ferraz, com o 5G, será mais rápido realizar um comando como abrir o portão da garagem, acender as luzes ou mesmo pedir uma música por meio da inteligência artificial Alexa. “Isso vai ajudar na popularização da internet das coisas, como exemplo de uma casa conectada”, afirma.

Ainda segundo a análise do pesquisador, a tendência é de que as operadoras parem de usar a estrutura para ligações e que tudo seja migrado para os serviços de internet. A respeito do cotidiano das pessoas, com uma internet mais estável, mais velocidade e menor latência, as experiências em cima da tecnologia serão cada vez melhores. O vídeo trava menos, a ligação por videoconferência será melhor. Um ponto importante para quem está vivendo em home office. 

A internet 5G é melhor?
A rede 5G roda em uma frequência que varia de 28 GHz até 39 GHz. Por sua vez, a rede 4G varia entre 700 MHz até 2,5 GHz. “Esse índice é uma frequência de onda. Quanto maior for, mais rápida a repetição de onda e com isso, ela consegue uma maior largura de banda”, explica Ferraz. Outro ponto positivo é que o 5G deve reduzir um pouco o delay (atraso) que existe nas ligações por voz. 

5G deve expandir mercados de tecnologia
Com a implantação da rede 5G no Brasil, que terá uma velocidade e qualidade de navegação bem maior, a expectativa é que a demanda de mercado para desenvolvedores também seja favorável. Segundo a coordenadora de Ensino Técnico do colégio Fecap, Evelyn Cid, após o Pís ter a infraestrutura necessária implantada para o funcionamento do 5G, o mercado brasileiro, em pouco tempo, ganhará com os impactos. “A quantidade de alunos de graduação em áreas de tecnologia, já nos próximos dois anos, será maior, com um grande boom no mercado”, destaca. 

Para a coordenadora, ao receber uma nova tecnologia, há um movimento natural de startups que surgem para resolver problemas de uma demanda. “E isso vai acontecer com o 5G. A tecnologia vai favorecer a internet das coisas, com casas conectadas, objetos com acesso à internet. Com isso, novos negócios e novos produtos surgirão para suprir o volume de informações”, conclui Evelyn.   

Veja também

Em dia de Moro suspeito no STF, Lula lembra dos dias na prisão: 'provação de fé'
Política

Em dia de Moro suspeito no STF, Lula lembra dos dias na prisão: 'provação de fé'

Com gol aos 55, Brasil bate Colômbia e dá a Tite maior sequência de vitórias
Copa América

Com gol aos 55, Seleção Brasileira bate Colômbia