TIM cria teclado consciente contra o preconceito

Teclado inclusivo da TIM - TIM/Divulgação

Nesta sexta-feira (20), Dia da Consciência Negra, a TIM lançou um aplicativo que alerta os usuários sobre o uso de palavras preconceituosas, explica a origem dos termos e propõe substituições. O Teclado Consciente TIM é gratuito e contribui com a desconstrução do racismo estrutura. No entanto, a aplicação ainda não está disponível na App Store e na Play Store.

Para usar o teclado, não precisa ser cliente da operadora: é só baixar a ferramenta que estará disponível gratuitamente para iOS e Android. A ferramenta fica visível no momento em que o usuário digita textos em redes sociais ou aplicativos de comunicação, como o WhatsApp ou Telegram, por exemplo, e destaca automaticamente as palavras e expressões consideradas inadequadas.

Ao clicar em cima desses termos, o Teclado Consciente TIM explica porque são considerados racistas e oferece opções para a sua substituição — tal como um corretor ortográfico social.

“A educação é fundamental na evolução para uma sociedade mais inclusiva. Queríamos colaborar nessa jornada, usando a nossa tecnologia para alcançar mais pessoas. Foi daí que surgiu a ideia de criarmos o teclado, uma ação criada pela nossa agência, a HavasPlus, em parceria com acadêmicos e profissionais negros da consultoria Vírgula. Retirar expressões racistas do nosso vocabulário reforça a empatia, a capacidade de se colocar no lugar do outro e construir um futuro sem preconceitos”, destaca Ana Paula Castello Branco, diretora de Advertising e Brand Management da TIM.

Junto com o aplicativo, a empresa também lançará uma campanha digital que divulgará o teclado, principalmente, nas redes sociais. A ação contará com 12 influenciadores negros de diversos segmentos. Nomes como o humorista Yuri Marçal; a pesquisadora Winnie Bueno; Murilo Araujo, do canal Muro Pequeno; Gleici Damasceno, campeã do BBB18; o fotógrafo Roger Cipó; e a cantora Lellê, dentre outros. IZA, embaixadora da marca, também amplificará a discussão, assim com a influenciadora Camilla de Lucas, do squad da TIM no TikTok, estarão presentes. 

Teclado consciente da TIM

Inclusão no mercado de trabalho

O lançamento da ferramenta está conectado ao programa de diversidade e inclusão da TIM. A operadora lançou, há três meses, seus grupos de afinidade – incluindo um com o tema racial – com 500 colaboradores para apoiar a companhia na evolução para um ambiente corporativo sempre mais inclusivo.

De acordo com a companhia, mais de um terço dos funcionários da TIM são pessoas negras e o objetivo é ampliar essa representatividade, inclusive em cargos de liderança – que atualmente é de 13% em posições de gerência e diretoria.

Veja também

Maia diz que tratar de voto impresso é colocar em xeque sistema seguro
Eleições 2020

Maia diz que tratar de voto impresso é colocar em xeque sistema seguro

Segundo turno de votação no centro de São Paulo é marcada pela rapidez
Eleições 2020

Segundo turno de votação no centro de São Paulo é marcada pela rapidez