Como dirigir na chuva e evitar acidentes

Carro durante a chuva - Pixabay

Os meses de julho e agosto são conhecidos pelas fortes chuvas e ventos em Pernambuco. Durante um temporal, os riscos de acidente de carro crescem exponencialmente, pois a visibilidade diminui, a pista fica escorregadia e, devido às condições de nossas estradas, poças d’agua são formadas. 

O gerente de assistência técnica da Continental Pneus, Rafael Astolfi, explica que “sob chuva, além de reduzir a velocidade é importante manter-se distante do veículo à frente. Em uma pista molhada, o motorista necessita de três vezes mais espaço para frear em comparação com uma pista seca”. 

Confira as dicas para trafegar com segurança e evitar acidentes: 

Reduza a velocidade - A água da chuva, quando misturada à sujeira e ao óleo que se acumulam nas ruas e estradas, aumenta a possibilidade de derrapagens. Ao reduzir a velocidade, o motorista permite que uma área maior da banda de rodagem entre em contato com a pista, aumentando assim a aderência dos pneus com o solo; 

Mantenha distância - Além de reduzir a velocidade, é importante manter distância do veículo à frente. Em uma pista molhada, o motorista necessita de três vezes mais espaço para frear em comparação com uma pista seca;

Verifique os limpadores de para-brisa – Você deve, primeiramente, checar a situação do limpador de para-brisa. Ele é fundamental para garantir uma boa visibilidade. Se houver riscos de borracha no vidro ou a peça estiver fazendo um barulho diferente do normal, está na hora de trocar;

Mantenha a visibilidade - Caso os vidros embacem, ligue o ventilador interno, o desembaçador ou o ar-condicionado. Se continuar com baixa visibilidade, encoste seu veículo no acostamento e ligue o pisca alerta. Mas atenção: nunca saia do automóvel;

Aquaplanagem – quando há muita água na pista, o veículo pode perder o contato com o asfalto e deslizar. Nessa situação não freie ou faça qualquer movimento brusco com o volante. Aguarde que a perda gradativa de velocidade faça com que o veículo volte a ter contato com a pista e assim o controle possa ser retomado;

Evite locais inundados – As poças d’agua que se formam com o temporal podem esconder buracos e diversos obstáculos que dificultarão a sua passagem, além de não permitir você saber exatamente qual a profundidade da água naquele local. Por isso, evite trafegar em locais com bastante água acumulada;

Sempre verifique a situação dos pneus - Lembre-se que os pneus é que ficam em contato direto com o solo, precisando estar com boa aderência para que você possa dirigir com tranquilidade. Também é importante checar o estado de seu estepe e se ele estar corretamente calibrado, para que possa ser utilizado em uma eventual emergência.