Stellantis firma parceria para instalação de pontos de recarga para veículos elétricos

Stellantis inaugura no 2º semestre 200 pontos de recarga para veículos elétricos - Divulgação/Stellantis

O Grupo Stellantis anunciou, nesta quinta-feira (13), a instalação de 200 pontos de recargas para os clientes dos futuros elétricos Stellantis que começam a chegar no mercado brasileiro já no segundo semestre deste ano. Entre as cidades, Recife será uma das contempladas com os novos pontos de recarga. 

A iniciativa, chamada de projeto Ecovagas, é uma parceria entre a Estapar, rede de estacionamentos e a Enel X, empresa de soluções energéticas da Enel Brasil. 

Com os pontos de recarga, os clientes da Stellantis poderão recarregar seus veículos elétricos nos estacionamentos da Estapar de forma gratuita. Os equipamentos terão uma tecnologia capaz de abastecer 80% das baterias do automóvel em aproximadamente 3 horas de carga.

Na primeira fase, as estações de recargas estão sendo instaladas em 23 cidades em 10 estados, como São Paulo (SP), Guarulhos (SP), Barueri (SP), Rio de Janeiro, Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Aracaju (SE), Recife (PE), Salvador (BA), Brasília (DF), Campinas (SP) e Fortaleza (CE). A quantidade de vagas para cada cidade, dependerá do número de licenciamentos de veículos elétricos em cada uma delas, ressaltou a Stellantis.  

A Enel X ficará responsável por fornecer a tecnologia de recarga que provê 80% da carga da bateria em aproximadamente três horas. A empresa traz ao Brasil a experiência de um grupo que opera mais de 175 mil pontos de carregamento na Europa, Estados Unidos e Ásia.

De acordo com o Grupo Stellantis, os pontos de recarga serão disponíveis para uso de todos os veículos eletrificados com plug padrão americano, tipo 2, amplamente utilizado no mercado brasileiro – algumas montadoras oferecem adaptadores para outros conectores.

Segundo semestre
A Stellantis já anunciou que no segundo semestre deste ano, chega ao país os dois únicos veículos elétricos do Grupo, no Brasil. São eles: o Peugeot 208 e-GT e o Fiat 500e, ambos importados. 

Sucesso na Europa, o 208 e-GT foi premiado no continente e eleito como o compacto elétrico do ano. Na Europa, o carro francês tem uma bateria de 50 kWh e um motor de 100 kW, que gera 136 cv. A autonomia é de 340 quilômetros. 
 

Peugeot 208 e-GTPeugeout 208 e-GT | Foto: Divulgação/Peugeot

Já o Fiat 500e é equipado na Europa com baterias de íons de lítio com capacidade de 42 kWh, o que oferece uma autonomia de 320 quilômetros ao hatch. A potência do compacto italiano chega a 118 cv, limitado a uma velocidade máxima de 150 km/h. 
 

O elétrico Fiat 500e Fiat 500e | Foto: Divulgação/Stellantis

No entanto, segundo informou o Grupo Stellantis, ainda não há nenhuma confirmação de valores ou especificações sobre os modelos (Peugeot 208 e-GT e o Fiat 500e) que desembarcam no Brasil ainda no segundo semestre deste ano.  

Veja também

Em dia de Moro suspeito no STF, Lula lembra dos dias na prisão: 'provação de fé'
Política

Em dia de Moro suspeito no STF, Lula lembra dos dias na prisão: 'provação de fé'

Com gol aos 55, Brasil bate Colômbia e dá a Tite maior sequência de vitórias
Copa América

Com gol aos 55, Seleção Brasileira bate Colômbia