A alegria que vem do asfalto

Pompons voltam com toda a força para roupas e calçados, trazendo a moda étnica do Peru para a dimensão urbana

Joaquim Barbosa comandou julgamento do MensalãoJoaquim Barbosa comandou julgamento do Mensalão - Foto: Nelson Jr/STF

Faz tempo que a etnia não sai de moda. Nesta temporada, a pegada étnica da vez vem do Peru. O País latino-americano caiu nas graças dos fashionistas desde que o Hemisfério Norte resolveu aplicar os pompons coloridos e fofinhos em coleções estreladas como as de Dolce & Gabbana e Gucci. A primeira não teve medo de pesar a mão nos apliques e desenhou florais de pompons em seus looks estampados e bordados. A Chanel, por sua vez, pegou uma clutch e encheu todinha de tassel - aquele puxador de cortina -, também conhecido como franja, gerando uma textura colorida e alegre. Produzidos 

artesanalmente, eles são vistos nos looks dos nativos aplicados no arremate das tranças das mulheres peruanas, em versões máxi. São também inseridos em gorros típicos para proteger os andinos do frio, assim como as versões tipo tassel.
Na dimensão urbana, a proposta pode ser mais minimalista para quem não quiser se arriscar a perder a linha. Mas quem tem estilo pode apostar no exagero e se encher de pompons maxi e coloridos pelo pescoço em colares e nas pontas dos blusões de verão.

 Para as mais discretas, basta investir em uma só peça do look para contemplar a tendência. O sapato pode ser a dica. Existem muitas opções no mercado de sandálias com pompons e tassel aplicados aos cabedais de tiras fininhas, tipo gladiadoras, ou mesmo nas plataformas em tons vivos. Alguns modelos vieram aplicados com as bolinhas fofinhas no calcanhar dos scarpins. Com uma calça jeans ou de alfaiataria, está tudo certo. Chaveiros, brincos e até penduricalhos de bolsas também ganharam o toque dos pompons e do tassel para conferir alegria ao asfalto. 
Mas nem só de calçados vive essa tendência. Nas peças de roupa o aplique desses bolinhos de tecido feitos de lã e das franjinhas de couro, seda e de metal também aparecem em mangas de batas e vestidos, e até no clássico biquíni de lacinho, fazendo o charmoso arremate na ponta. Perdendo a pegada boho, de roupas fluidas e com mistura de estilos que vai do hippie, boêmio, folk, punk até o vintage, eles são aplicados em moletons, correntes de metal, fazem as vezes de brinco e até de anéis e já propõem outro visual que não lembra em nada o perfume étnico. Tendência versátil é assim.

 

Veja também

Após dica de carro de som, Mirella diz que vai se afastar de Biel em A Fazenda 12
Televisão

Após dica de carro de som, Mirella diz que vai se afastar de Biel em A Fazenda 12

Globo extingue faixa de séries e antecipa sessão de filmes na madrugada
Televisão

Globo extingue faixa de séries e antecipa sessão de filmes na madrugada