A estreia de 'Bacurau' no Festival de Cannes será nesta quarta

Quatro mulheres assinam filmes na disputa pela Palma de Ouro, que conta também com o longa dirigido pelos pernambucanos Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles

Cena de 'Bacurau'Cena de 'Bacurau' - Foto: Victor Jucá/Divulgação

O Festival de Cannes, na França, começou na última terça-feira (14) com a exibição da comédia zumbi "Os mortos não morrem", de Jim Jarmusch, depois que os atores Javier Bardem e Charlotte Gainsbourg abriram oficialmente a mostra. Nome consagrado do cinema independente norte-americano, Jarmusch é assíduo na Croisette, onde em 1984 levou a Câmara de Ouro com "Estranhos no Paraíso" e em 2005, com o Grande Prêmio, com "Flores Partidas".

O espanhol Pedro Almodóvar é outro nome consagrado na mostra competitiva. Ele aspira pela sexta vez ao prêmio máximo do festival com "Dor e Glória", protagonizado por Antonio Banderas e Penélope Cruz.

Além de Almodóvar, outro filme latino-americano que concorre à Palma de Ouro é o brasileiro "Bacurau", dirigido pelos pernambucanos Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, com Sonia Braga no elenco, ao lado de nomes como Barbara Colen e o alemão Udo Kier. O filme será exibido nesta quarta-feira (15), depois de ter divulgado seu teaser na última sexta-feira (10).



Produzido no Sertão do Seridó, divisa do Rio Grande do Norte com a Paraíba, o terceiro longa-metragem de Kleber Mendonça Filho gira em torno da morte de Dona Carmelita (Lia de Itamaracá), de 94 anos, uma mulher forte e querida na comunidade. Depois deste fato, os moradores de Bacurau descobrem que o povoado começa a sumir misteriosamente do mapa. Kleber já competiu pela Palma de Ouro em 2014, com "Aquarius".

Leia também:
Elenco pernambucano de 'Bacurau' fala sobre o filme que estreia em Cannes
Kleber Mendonça Filho tem filme selecionado em Cannes
Participação do Brasil em Cannes gera rixa entre setor e governo


Dos 21 filmes em competição, quatro foram realizados por mulheres, entre elas a austríaca Jessica Hausner e a franco-senegalesa Mati Diop, a primeira diretora negra competindo pela Palma de Ouro da história da mostra. Quentin Tarantino, outro habitué da mostra, apresentará seu aguardado "Era uma vez em Hollywood", protagonizado por Leonardo DiCaprio e Brad Pitt, que atuam juntos pela primeira vez.

Controvérsia

Uma controvérsia sacudiu o Festival em torno do ator francês Alain Delon, que receberá uma Palma de Ouro honorária por sua carreira. O grupo feminista Women and Hollywood o criticou por suas declarações "racistas, homofóbicas e misóginas"do passado. Os organizadores saíram em defesa desta lenda do cinema francês, de 83 anos, que disse que a homossexualidade é "antinatural".

Veja também

Em sua maior edição, Música Mundo anuncia série de entrevistas como parte de suas atividades
Música

Em sua maior edição, Música Mundo anuncia série de entrevistas como parte de suas atividades

Anitta entra na lista oficial de músicas da posse de Joe Biden e Kamala Harris
Celebridades

Anitta entra na lista oficial de músicas da posse de Joe Biden e Kamala Harris