A folia é para todos

Confira um roteiro completo com blocos e shows do Carnaval 2017; e dicas para quem não gosta de brincar

Alceu Valença e LenineAlceu Valença e Lenine - Foto: Folha de Pernambuco

Ei pessoal, vem moçada que o Carnaval 2017 já começa nesta sexta-feira à noite, no Marco Zero! Com Lenine, Virgínia Rodrigues, coral feminino Voz Nagô e 13 nações de maracatu de baque virado, em homenagem ao percussionista Naná Vasconcelos, que criou a cerimônia de abertura e esteve à frente dela por 16 anos, tendo morrido em 2016.

Mas o asfalto ferve mesmo é no Sábado de Zé Pereira, quando Sua Majestade, o Galo da Madrugada, é reverenciado pela multidão, tão gigantesca quanto o boneco montado na Ponte Duarte Coelho. A agremiação que já levou Pernambuco a entrar no Livro dos Recordes, por arrastar mais de um milhão de pessoas.

O Folha Mais de Carnaval preparou um roteirão especial para todos os tipos de folião - dos tradicionais aos mais alternativos. Destacamos desde os blocos gratuitos, que desfilam levando lirismo e irreverência pelas ruas de Olinda e do Recife Antigo, até os shows principais do Marco Zero e do festival Rec-Beat, além do Interior do Estado.

Também não esquecemos daqueles que não podem nem ouvir um acorde de frevo que já se arrepiam todinhos - de pavor. Para esses anti-carnavalescos, a dica é aproveitar o feriadaço para atualizar a leitura ou viajar por terras mais tranquilas, onde o jazz é quem dita o ritmo, com o Gravatá Jazz Festival. E o leitor aproveita, ainda, as dicas de livros e discos; de streaming e TV paga, além do roteiro de cinema, com alguns dos filmes que concorrem ao Oscar; e o resumo das novelas da próxima semana. O importante é aproveitar!

Sexta e sábado

O Galo agora é quarentão
Considerado o maior bloco de Carnaval do mundo, o Galo da Madrugada realiza seu 40º desfile neste sábado, a partir das 9h. Serão 30 trios elétricos e seis alegorias, que prestam homenagem aos músicos e compositores Alceu Valença e Jota Michiles. No percursso de seis quilômetros, que começa na travessa do Forte das Cinco Pontas e termina na Rua do Sol, os carros animam o público ao som de Joelma, Fafá de Belém, Maria Gadu, Alceu Valença, Gaby Amarantos, Almir Rouche, Maestro Forró, Toni Garrido e Fulô de Mandacaru.

Bloco Esses Boy Tão Muito Doido
O grupo Academia da Berlinda comanda a festa do Esses Boy Tão Muito Doido no sábado, a partir das 9h, na Rua do Farol, em Olinda. Celebrando dez anos do irreverente bloco, a banda apresenta músicas como “Cumbia da Praia” e “Fui Humilhado”, além de composições do último disco, lançado em 2016. A programação terá ainda Sebastião e os Maias, tocando os maiores sucessos de Tim Maia, DJ Val e a Orquestra de Frevo Henrique Dias, além de serviço open bar. Ingressos: R$ 130.

Som na Praça
No sábado de Zé Pereira, o Shopping Costa Dourada, no Cabo de Santo Agostinho, recebe nova edição do projeto Som na Praça com show da cantora Amélia Bastos. Ela promete animar os foliões com repertório recheado com muito frevo, marchinhas de carnaval e samba de raiz. O evento é gratuito e ocorre a partir das 19h, na praça de eventos do Shopping. As atividades de entretenimento como cinema também funcionarão em horário normal.

Solteira na ladeira
Na sexta-feira, a partir das 19h, haverá desfile da troça Vai Morrer Solteira, com concentração no Na Ladeira Comedoria (Rua Treze de Maio, Olinda). O desfile será animado ao som de orquestra de frevo, tocando também marchinhas e outras músicas para esquentar os foliões nas ladeiras, além de estandarte muito glitter. Gratuito.

Drag na Metrópole
Na abertura do Carnaval do Clube Metrópole (Rua das Ninfas, 125, Boa Vista), a drag queen Pabllo Vittar, conhecida como vocalista da banda do programa global “Amor & Sexo”, faz show nesta sexta-feira, às 22h, com repertório autoral baseado em música pop e em divas norte-americanas como Rihanna e Beyoncé. O show também marca o lançamento de seu primeiro disco, “Vai Passar Mal”. Haverá ainda discotecagem de Gael, Paulo Marreta, Pax e Alê. Ingressos: R$ 30.

Surf music
em cervejaria
Na cervejaria artesanal CiBrew, a atração de sexta é a festa “Pode Queimar a Largada!”, com show da banda pernambucana The Raulis. O grupo apresenta rock energético influenciado pela surf music dos anos 1960. A noite terá ainda discotecagem do paulista Maurício Fleury, do Bixiga 70. Às 19H. Gratuito.

Lirismo encantado
O bloco lírico Flabelo Encantado, de Paulista, desfila este ano com o tema “O flabelo do forró: uma homenagem a Beto Ortiz”, no Marco Zero, na segunda-feira de Carnaval, às 19h45, durante o Encontro de Blocos Líricos. “A proposta é executar o frevo na sanfona, e como Beto é um grande sanfoneiro, resolvemos destacar a importância da união desses dois ritmos”, declara o fundador-presidente do bloco, Ricardo Andrade.

Tributo a Ziggy Stardust
Também no sábado, na Rua Treze de Maio, em Olinda, será realizado o segundo desfile do bloco Bumba Meu Bowie, a partir das 11h. A troça homenageia o músico britânico David Bowie, morto em 2016, com a presença de um boneco gigante e sucessos como “Starman” e “Ziggy Stardust”. A participação é gratuita.

Alceu em Olinda
No Carnaval de Olinda, quem fica responsável pela folia no sábado é Alceu Valença (foto), que sobe ao palco do Polo Bajado (Rio Doce/Vila Olímpica) às 22h. A festa começa às 15h e terá shows de Faringes da Paixão, Diego Cabral e André Alves. Alceu apresenta repertório de carnaval misturado com seu setlist de músicas psicodélicas dos anos 1970. Nos outros dias, Olinda terá shows de nomes como Almir Rouche, Eddie, Combo X, Ave Sangria e Quinteto Violado. Toda a programação é gratuita.

Camarote sertanejo
No sábado, a partir das 8h, o Camarote do Villarena no Galo da Madrugada terá shows de Naiara Azevedo (foto), do hit 50 reais, além de Neto & Diego, Camisa 10 e Orquestra de Frevo. Haverá open bar de whisky, vodka, cerveja, refrigerante e água. Avenida Guararapes. Ingressos: R$ 270.

Camarote alternativo
Também no Galo, o Camarote Downtown terá muito agito com apresentações especiais dos grupos Batuketu, Banda Expresso Folia (foto) e Citrus Clube, ao som de muito pop rock, além de sertanejo e outras músicas que devem animar o público. A festa tem início às 8h30, com ingressos a R$ 320. A estrutura está montada na Praça Sérgio Loreto, bairro de São José. Mais informações pelo telefone: 3424-5731.

Domingo

Alternativo - Vibração indie

Para os que preferem rap e música alternativa, o tradicional festival Rec Beat tem shows gratuitos até a terça-feira, sempre a partir das 19h30. Como sempre, o evento traz nomes de destaque na cena da música alternativa nacional, além de atrações experimentais de outros países. No domingo, um dos mais esperados é o rapper paulistano Rashid. Outros nomes do evento incluem As Bahias e a Cozinha Mineira (segunda-feira), o trio paulista O Terno (sábado) e o músico Jards Macalé (terça-feira), ícone da MPB dos anos 1960 e 1970. Para as crianças, tem o Recbitinho (na área interna do Paço Alfãndega), às 15h, com nomes como a Bandalelê (na terça-feira).

Sala da Justiça - A Sé é dos super-heróis

Em Olinda, o domingo costuma atrair os foliões para dois destaques durante a manhã. Às 10h, os super-heróis tocam conta do Alto da Sé, no Carmo, para o bloco Enquanto Isso na Sala de Justiça, e a multidão não se aquieta enquanto não vê o Homem-Aranha descendo da Caixa D’Água. Perto dali, na altura da Academia Santa Gertrudes, tem o Mucha Lutcha, em que um rinque é montado para abrigar estranhos embates entre mascarados gordinhos com roupas colantes.

Agreste - Elba em Pesqueira

Com máscaras de cores fortes e feitas de estopa, os caiporas são usados para assustar as crianças, e fazem a festa em Pesqueira, no Agreste de Pernambuco, há mais de 50 anos. Além da tradição, no palco principal da cidade, estrelas como a paraibana Elba Ramalho, que faz show à 0h do domingo.

Festa Maledita
No domingo, quem gosta de um som mais alternativo pode confirmar presença na edição especial da festa Maledita, do selo Golarrolê, que será realizada a partir das 22h, no espaço Catamaran (Cais das Cinco Pontas, s/n). Os convidados especiais são Dayw Vilar e Aslan Cabral, além de discotecagem de Allana Marques e Xande Medeiros. O repertório será beaseado em sucessos do pop contemporâneo. Ingressos: R$ 20.

Dia dos Papangus
O domingo é o dia dos Papangus, a partir das 10h, na Praça Centenária, em Bezerros, com o desfile dos mascarados. Mas a cidade também é palco de uma série de shows, como o de Elba Ramalho, às 18h, no QG do Frevo (rua da Matriz). Na segunda-feira, às 19h, é a vez do Maestro Spok. E, na terça-feira, às 17h, rola performance da Nação Zumbi.

Eu sou o samba
No domingo, o Polo Samba, montado na Rua da Moeda, recebe apresentação conjunta dos sambistas Chateau Costa e Gerlane Gell. Os dois dividem o palco e apresentam canções autorais, além de sucessos que marcaram a história do mais brasileiro dos ritmos. Além disso, a dupla prepara surpresas como duas canções inéditas de cada artista. A partir das 21h. O polo terá ainda Belo Xis e outros artistas.

Segunda-feira

A força dos maracatus

Na segunda-feira, tem muita gente que segue para o Espaço Ilumiara, próximo à Casa da Rabeca, para o tradicional Encontro de Maracatus de Baque Solto de Pernambuco. Nesta 27ª edição, estão confirmados mais de 20 grupos do Estado. Antes, no domingo e na segunda-feira, das 9h às 17h, maracatus, caboclinhos e cavalo marinho, no Carnaval Mesclado da Casa da Rabeca. Gratuito.

Catamaran - Pra ficar Odara

Já na segunda-feira, é a vez da tradicional Odara, que também ocorre no Catamaran. Com dress code de roupas azuis e amarelas, a festa promete animar os foliões a partir das 14h com o sambão do Preto Velho, além de DJ Set de Allana Marques e Lala K. A programação deve se estender até a meia-noite. Ingressos: R$ 20.

Quarta-feira

Encontro - Boizinhos reunidos em Olinda
Nem só de cinzas é feita a Quarta-Feira, como prova o o Boi Cara de Sapo, que existe desde 1981. A concentração será às 16h, do Centro de Cultura Luiz Freire (Rua 27 de Janeiro, no Carmo, em Olinda). É a mesma rua da sede da Pitombeira dos Quatro Cantos. O Boi tomará as ladeiras às 19h, e seguirá em direção à Casa de D. Dá na Rua da Boa Hora, onde acontece o Encontro de Bois, para o qual se reúnem também o Boi da Gurita Seca e o Boi Marinho.

Tradição do Munguzá
Frevo com passistas e orquestra, além da presença de bonecos gigantes, marabalistas e a distribuição da iguaria marcam o Munguzá de Zuza Miranda & Thaís. Serão servidos mais de 2 mil litros de munguzá, com concentração na Igreja da Sé, das 5h às 9h, na concentração para o Bacalhau do Batata.

Veja também

Nova temporada de  'Elite' estreia na Netflix em junho
Série

Nova temporada de 'Elite' estreia na Netflix em junho

Cais do Sertão celebra aniversário com programação voltada à cultura popular
Pernambuco

Cais do Sertão celebra aniversário com programação voltada à cultura popular