A-A+

A Letra e a Voz chega ao fim com recital do homenageado Miró

Miró se apresentou ao lado do DJ e poeta Clécio Rimas, da poetisa Bell Puã e do pianista Amaro Freitas.

Miró no recital do A Letra e a VozMiró no recital do A Letra e a Voz - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

A 16ª edição do Festival Recifense de Literatura - A Letra e a Voz chega ao fim neste domingo (16) com a apresentação do grande homenageado, Miró. O poeta e cronista recifense recita seus versos no boulevard Rio Branco, no Bairro do Recife. Ele recita ao lado do DJ e poeta Clécio Rimas, da poetisa que venceu o Campeonato Brasileiro de Poesia Falada - Slam BR Bell Puã e do pianista Amaro Freitas.

Muito aplaudido pelos amantes da literatura que acompanham a apresentação, Miró revela poemas inéditos que tratam de alguns dos problemas da cidade do Recife, mas também versou sobre os desafios da vida de poeta. Bell Puã fez mais reflexões sobre a literatura urbana, que norteou a programação do Letra e Voz, mas ainda levantou críticas ao preconceito socioeconômico e ao machismo. Todo o recital foi musicado por Clécio Rimas e Amaro Freitas, em uma proposta chamada de jam session de letras e vozes.

Leia também:
Poeta Miró comemora aniversário com novo livro


Além da apresentação, o Letra e Voz reuniu diversos estandes para venda e troca de livros na Rio Branco. Segundo a organização, o festival, que começou na última sexta-feira (24), foi um sucesso e recebeu centenas de pessoas todos os dias.

Veja também

Pequena Lô comanda live sobre capacitismo no Instagram
Redes Sociais

Pequena Lô comanda live sobre capacitismo no Instagram

Sonora Coletiva: Black Music Brasileira é tema de bate-papo com Di Melo
Fundaj

Sonora Coletiva: Black Music Brasileira é tema de bate-papo com Di Melo