Academia do Oscar busca reinvenção, afirma presidente

John Bailey acredita que há maior responsabilidade em torno de equilibrar gênero, raça, etnias e religião

Presidente John Bailey acredita na renovação da academiaPresidente John Bailey acredita na renovação da academia - Foto: Kevin Winter / Getty Images

Hollywood está a caminho de pulverizar seus piores abusos e de uma reinvenção, afirmou o presidente da Academia de Ciências e Artes Cinematográficas, que organiza o Oscar, John Bailey.

"A Academia está em uma encruzilhada de mudanças", disse Bailey no almoço de segunda-feira (6) com os indicados ao Oscar, no hotel Beverly Hilton de Beverly Hills. "Nós estamos vendo a Academia [de Ciências e Artes Cinematográficas] se reinventar diante de nossos olhos", afirmou. "Há uma maior consciência e responsabilidade para equilibrar gênero, raça, etnias e religião".

"O rochedo fossilizado de muitos dos piores abusos de Hollywood estão sendo pulverizados no esquecimento", completou. "Nada deixa isto mais claro que a riqueza de muitos dos filmes indicados este ano", destacou Bailey.

Leia também:
'É o maior momento da minha vida', diz brasileiro indicado ao Oscar
Acusado de assédio, ator Casey Affleck não apresentará categoria do Oscar
Saiba quando estreiam os principais indicados ao Oscar; e veja os trailers


A Academia, que tem em sua maioria homens brancos e idosos, foi muito criticada nos últimos anos por indicar artistas predominantemente brancos e fundamentalmente masculinos. Mas a organização iniciou uma expansão e diversidade de seus integrantes.

O ano passado marcou uma mudança com o prêmio de melhor filme para "Moonlight". A lista de indicados este ano é muito mais diversa, com vários indicados negros como Denzel Washington, Daniel Kaluuya, Mary J. Blige, Jordan Peele e Octavia Spencer.

Outras indicações celebradas foram as de Greta Gerwig, que se tornou a quinta mulher a disputar a categoria de direção, e Rachel Morrison, primeira mulher nomeada na categoria fotografia.

De Steven Spielberg, passando por Meryl Streep ao novo queridinho de Hollywood, Timothée Chalamet, todos os indicados posaram para a foto da "classe de 2018" do Oscar.

Veja também

Artistas se unem para arrecadar fundos para ações na Cracolândia
Solidariedade

Artistas se unem para arrecadar fundos para ações na Cracolândia

Dani Calabresa diz que namorado a fez acreditar que 'vale a pena se jogar' no amor
famosos

Dani Calabresa diz que namorado a fez acreditar que 'vale a pena se jogar' no amor