A-A+

'Almério e Martins' estreiam junto no palco do Santa Isabel

Artistas pernambucanos levam canções autorais e versões inéditas para o Janeiro de Grandes Espetáculos

Dupla faz show inédito no Teatro de Santa Isabel, nesta sexta (24))Dupla faz show inédito no Teatro de Santa Isabel, nesta sexta (24)) - Foto: Jeff Moura

De um lado, uma das potências da música pernambucana. Do outro, idem. Enquanto um “desempena” musicalidades, o outro sai palcos afora harmonizando letras, arranjos e voz. Em comum a Almério e Martins, a propriedade com que se utilizam da arte para ressignificar emoções em alto e boníssimo som e, dessa vez, juntos, pela primeira vez, em um palco à altura do protagonismo que exercem dentro da cena artística local.

A dupla se apresenta amanhã no Teatro de Santa Isabel, dentro da programação do Janeiro de Grandes Espetáculos, com show que, não à toa, leva o nome de ambos e traz um repertório permeado por canções autorais e momentos solo. "Vamos ficar entrançados, uniformes, um cantando o outro", ressaltam eles, juntos, em conversa com a Folha de Pernambuco.

Não é de hoje que ambos dialogam, se visitam e se admiram. Apesar da primeira vez juntos na grandiosidade de um espaço como o teatro, Almério e Martins mantêm constância de encontros e interações juntos a outros nomes do cancioneiro local independente, um entrelaçamento que será consumado na apresentação de no Janeiro.

Leia também:
A maestria do 'Acaso Casa' de Almério e Mariene de Castro
Thiago Martins lança primeiro álbum solo nas plataformas digitais
Mulheres na linha de frente da música pernambucana

"Desejávamos isso há algum tempo, mas esperamos a oportunidade de realizar essa junção em um teatro, porque seria mais forte. Será nossa estreia ao lado do outro e com a doce responsabilidade e coragem de fazê-la com muito amor no palco do Santa Isabel", gaba-se Almério. "Está sendo uma beleza insone, com a força e a magia que a gente tanto pensou", enaltece Martins que, cita como identidades coincidentes entre eles as referências musicais e o encaixe no cantar.

Artisticamente dirigido por André Brasileiro e musicalmente por Juliano Holanda, o show "Almério e Martins" traz composições de Alceu Valença, Caetano Veloso, Geraldo Maia e Ceumar mas, predominantemente, o tom da noite será dado pela fluir sonoro da dupla que chega com o ineditismo de versões e com canções como "É Só Música" (Almério e Joana Terra"), "Estranha Toada" (Martins e PC Silva"), "Queria Ter Pra Te Dar" (Martins) e "Tatoo de Melancia" (Almério).

"Teremos versões muito poderosas", garantem eles, que atribuem à lotação do espaço - os ingressos estão esgotados há algum tempo - como uma espécie de resposta do público ao que tem sido produzido pela linhagem irretocável da música pernambucana autoral. "Isso simboliza muito para todos nós. Estamos alcançando corações e de uma forma muito bonita", finalizou Almério corroborado por Martins.











Veja também

Por conta de crise alérgica, show de Ney Matogrosso é remarcado no Recife
Música

Por conta de crise alérgica, show de Ney Matogrosso é remarcado no Recife

Duo Barbarize lança 'KiCalor' neste sábado (27)
Música

Duo Barbarize lança 'KiCalor' neste sábado (27)