Anabella López, ilustradora argentina, lança livro infantil em que discute a construção da identidad

Autora dará autógrafos e comanda oficina, neste domingo, às 16h, na Livraria Cultura do Paço Alfândega

Ilustradora argentina Anabella LópezIlustradora argentina Anabella López - Foto: Divulgação

Quando era criança, Anabella López, hoje com 32 anos, fantasiava sobre o que os adultos pensavam. "Ficava olhando para as pessoas que passavam pela rua e imaginando o que tinham na cabeça, uma paisagem, um lugar, uma pessoa. Ficava imaginando e desenhando com a mente esses espaços", diz a ilustradora argentina. Anabella, que nasceu em Buenos Aires e mora no Recife, lança neste domingo o livro "Outros mundos", às 16h, na Livraria Cultura do Paço Alfândega, que se conecta com essa ideia de construção de pensamento e identidade de cada um.

"Fiz um curso de ilustração muito bom na Argentina, com uma grande mestre, a ilustradora Claudia Legnazzio", lembra Anabella. "A proposta era criar um projeto de livro a partir de um ditado popular, escolhi um ditado de lá que fala 'Cada cabeça é um mundo'. Quando pensei em desenvolver essa narrativa gráfica, a primeira coisa que veio na minha mente foi essa brincadeira que eu tinha quando era criança e achei que podia ser interessante estabelecer essa metáfora entre o mundo de cada pessoa e a cabeça de cada pessoa", detalha.

Leia também: 
Livro infantil transgride questões dos direitos humanos através da arte

O livro reúne ilustrações que trazem para discussão a construção da identidade, baseado em pesquisas e ideias de pensadores como Paul Sartre, Michel Foucault e Fernando Pessoa. "É uma temática complexa, e justamente por isso que o livro tenta não responder, muito pelo contrário, tenta perguntar. É um livro que fecha perguntando e também abre perguntando. Não é um livro que tenta dar uma resposta. Pretende só colocar o questionamento", ressalta a autora.

"O título está relacionado com a ideia que cada um contém em si um universo. Um universo que é fechado, pois cada um de nós só sabe o que habita na nossa cabeça, e ao mesmo tempo aberto, porque a gente se transforma com o contato com os outros", diz Anabella. "A gente é um espaço que se conecta com outros espaços. Então essa ideia de espaço, de universo, me fez pensar na metáfora de mundos, como se cada pessoa fosse um mundo, uma galáxia, um universo particular. Que querendo ou não se conecta com os outros", explica a autora.

Oficina

Anabella, autora de obras como "Barbazul" e "Um coelho" e ilustradora de outras como "A menina que perdeu as cores", também dará uma palestra sobre seu processo criativo e uma oficina para crianças, neste domingo. "Vai ser para crianças pensarem através da imagem esses conceitos de identidade e alteridade, que eu acho que é uma outra forma de se definir, não só através das palavras. Seria legal se quando alguém perguntasse 'Quem é você?' a gente conseguisse responder com uma imagem, com um desenho, e não com uma lista de atributos", diz.

Serviço:
"Outros Mundos", de Anabella López
Editora Tordesilhinhas, 32 páginas, R$ 34
Quando: Neste domingo (3), às 16h
Onde: Livraria Cultura, no Paço Alfândega (rua Madre de Deus, Recife Antigo)

Veja também

Cinco filmes mais aguardados em 2021
Cinema

Cinco filmes mais aguardados em 2021

Carlinhos Maia será notificado para explicar convite para 'furar fila' da vacina
Covid-19

Carlinhos Maia será notificado para explicar convite para 'furar fila' da vacina