Animage inscreve para Mostra Competitiva até quinta-feira

Evento Animage - Festival Internacional de Animação de Pernambuco seleciona curtas-metragens do Brasil e do exterior para participar de sua nova edição, que será realizada em outubro

Prêmios do AnimagePrêmios do Animage - Foto: Victor Jucá/Diculgação

As inscrições para a Mostra Competitiva da 9ª edição do Animage - Festival Internacional de Animação de Pernambuco terminam nesta quinta-feira (12). A seleção recebe curtas-metragens, nacionais e internacionais realizados a partir de 2017, que contemplem técnicas de animação e com duração de até 30 minutos. Os filmes devem ser inscritos pelo site do festival.

Serão premiados, na Mostra Competitiva, os melhores filmes selecionados nas categorias “Melhor Curta-Metragem - Grande Prêmio Animage”, “Melhor Curta Infantil”, “Melhor Curta Brasileiro” e “Prêmio do Público”, além de melhor Direção, Roteiro, Direção de Arte, Técnica e Som.

Leia também:
Curta sobre Erasto Vasconcelos é um dos ganhadores do Festival Animage 2017
Curadoria: diferentes olhares compõem festivais de cinema em Pernambuco
MinC inicia seleção do longa brasileiro que disputará vaga no Oscar


A cada edição, o Animage convida um artista para cuidar de sua identidade visual. Desta vez, o escolhido foi o animador e ilustrador goiano Wesley Rodrigues. Em 2018, o festival ocorre entre 12 e 21 de outubro no Recife.

   Na França

O curador, Júlio Cavani, esteve no Festival de Annecy (na França), considerado o maior evento de cinema animação do mundo, que homenageou nesta edição os 100 anos da animação brasileira.

No ano passado, pensando na formação de público, o evento teve sua edição ampliada e chegou, com Mostras Especiais, às cidades de Camaragibe, Arcoverde e Triunfo.

Veja também

Série ‘Hermeto 85-Vida em Sinfonia’ celebra vida e carreira de Hermeto Pascoal
Música

Série ‘Hermeto 85-Vida em Sinfonia’ celebra vida e carreira de Hermeto Pascoal

Após o Brasil superar 500 mil mortos por Covid-19, artistas postam #ForaBolsonaro
Manifestação

Após 500 mil mortos por Covid-19, artistas postam #ForaBolsonaro